Piloto remoto modular “Flexcraft” da Embraer

O produto brasileiro Embraer revelou que sua proposta FLEXCRAFT ganhou o International Design Award (IDA). A aeronave modular, que venceu na categoria Design de Transporte, terá capacidade de decolagem e pouso curtos (STOL). Talvez sua característica mais interessante seja a capacidade de sua cabine ser redesenhada para diferentes tarefas, permitindo uma versatilidade incrível. Vamos dar uma olhada no FLEXCRAFT.

A Embraer planeja ter recursos STOL para seu FLEXCRAFT. Imagem: Embraer

Design multiuso

O design modular do FLEXCRAFT consiste em um corpo principal com asas e uma cauda de lança dupla, sob a qual uma das várias peças pode ser fixada. Isso permitirá que a aeronave se reorganize rapidamente ao alternar entre as diferentes tarefas. Isso também permitirá maior flexibilidade, já que os operadores não precisam voar em aeronaves diferentes para fins diferentes. A Embraer confirmou em uma mensagem simples de vôo:

As possibilidades exploradas para uso incluem transporte de passageiros e carga, suporte para operações de defesa civil, vigilância, evacuação aeromédica e agricultura.. ”

Embraer FLEXCRAFT
O FLEXCRAFT pode ser instalado em um de vários módulos dependendo de sua função. Imagem: Embraer

Ser informado: Inscreva-se em nossos resumos diários e semanais de notícias sobre companhias aéreas!

A Embraer disse que o processo de desenvolvimento do projeto premiado possui vários recursos integrados. Isso inclui “configuração, soluções de flexibilidade e processos de manufatura e materiais”.

Considerações ambientais

As empresas do setor de aviação costumam ser um fator nas considerações ambientais ao desenvolver tecnologias futuras. Este é um aspecto importante para os fabricantes de aeronaves, pois eles colocam mais ênfase em tornar seus produtos o mais ecologicamente corretos possível.

Embraer FLEXCRAFT
Interior proposto para o módulo FLEXCRAFT do passageiro. Imagem: Embraer

Pensando nisso, a Embraer diz:

Este conceito visa desenvolver ideias para transformar o futuro do movimento do ar e integrar de forma consistente as perspectivas humana, tecnológica, social e econômica, com a capacidade de pousar em caminhos estreitos e usar fontes alternativas de energia.

A crescente indústria aeronáutica de Portugal

Embora a Embraer seja uma empresa brasileira, na realidade, FLEXCRAFT é um produto de um consórcio português. Neste grupo, que inclui várias empresas portuguesas de tecnologia, a Embraer é uma das principais instalações não brasileiras, conhecida como Embraer Portugal. Claro, os dois países têm fortes laços históricos.

READ  04/02/2021 - Mundo - KSU - Em entrevista à televisão portuguesa, Lula criticou a inexperiência do novo presidente.
Embraer FLEXCRAFT
Renderização de um módulo FLEXCRAFT configurado clinicamente. Imagem: Embraer

O futuro da indústria da aviação parece promissor, já que a Embraer está presente em Portugal e o país é o responsável pelo consórcio da Flexcraft. Rio Albanese Novas Jr., Chefe de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico da Embraer, acrescentou:

No âmbito do Plano Português de Incentivo à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico (SIIDT) 2020, estamos empenhados na promoção da investigação científica e na iniciativa do Governo Português, que acredita na Embraer como um catalisador da cadeia e do crescimento local. Na área da aeronáutica portuguesa.

Caixa da bandeira portuguesa da TAP
O FLEXCRAFT é um sinal de crescimento na área da aeronáutica em Portugal. Foto: Getty Images

Embora FLEXCRAFT seja apenas um design no momento, ele representa um conceito fascinante que aumentará a versatilidade funcional no futuro. Será interessante ver se outros fabricantes seguirão o exemplo e desenvolverão projetos semelhantes nos próximos anos.

O que você faz com o FLEXCRAFT da Embraer? As aeronaves de longo curso desempenharão um papel importante na aviação comercial nos próximos anos? Deixe-nos saber seus pensamentos e previsões nos comentários.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

PorAqui