Gatinhos solitários? Catsitter do Espinheiro atende em todo o Recife

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
Bella vai até a casa do gatinho para garantir a alimentação, higienização e companhia aos bichanos (Foto: Kama de Gato/Divulgação)

Tutora de sete gatinhos, a advogada Isabella Magalhães sempre sentia dificuldades na hora de viajar por não ter com quem deixar os seus bichinhos. Foi aí que ela teve um estalo: montar um serviço de catsitter. Deu certo. Três anos se passaram e hoje ela é mais conhecida como a Bella, do Kama de Gato Catsitter, atendendo clientinhos no Recife inteiro. 🐱

“Eu sempre sofria na hora de viajar porque, na época, tinha poucos hoteizinhos de confiança. Além disso, era muito estressante pros gatinhos, porque eles ficavam em gaiolas com outros gatos. E também tinha a questão de ter um custo alto”, coloca Bella.

Casada com um administrador, dono de uma aceleradora de negócios, o apoio do marido Fábio Aurélio foi importante para que ela colocasse o sonho em prática. No começo, ele assumiu a parte de marketing e prospecção, e agora, com o aumento da demanda, Fábio também põe a mão na massa na hora de cuidar dos gatinhos.

Moradora do Espinheiro, Bella atende no Recife inteiro. Zona Norte, Zona Sul, Olinda, Candeias, Paulista… A lista de clientinhos é longa. “Estou disponível para atender em qualquer local da Região Metropolitana, exceto em períodos como feriadões em que a demanda é muito grande, aí não tenho como dar conta de fazer esses deslocamentos maiores”, explica.

Os clientinhos de Bella (Foto: Kama de Gato/Divulgação)

E no que consiste exatamente o serviço de catsitter? São visitas diárias, no período combinado com o cliente, para alimentar, trocar a água, higienizar e fazer companhia aos gatinhos. As visitas duram uma hora. “O que eu considero o principal é a interação com os animais, as brincadeiras, o carinho, para que eles não se sintam solitários”, diz.

Além disso, ela também aplica medicação nos animais que precisam (exceto medicação injetável), dá banho e corta as unhas dos bichinhos, quando solicitado pelos tutores.

O valor de partida do catsitter é R$ 40, mas varia de acordo com o número de bichanos e do período de serviço.

Fazendo sucesso entre os gateiros, Bella passou a ser requisitada também pelos cachorristas. Só que os dogs terão que esperar mais um pouco. “Penso em atender cães também, mas para isso pretendo fazer um curso de dog walker antes”, diz a catsitter.

Bella também oferece consultoria para tutores que estão com problemas com seus gatinhos. “Por exemplo, se chegou um gatinho novo em casa e o outro está com dificuldade de adaptação, se o gatinho está fazendo xixi fora da caixa ou o se bichinho está com alguma dificuldade comportamental, nós vamos até o local verificar o que está acontecendo e orientar o tutor sobre como resolver esse problema”, explica.

📌 Kama de Gato Catsitter
📍 Rua Alfredo de Medeiros, 130, Espinheiro
📞 (081) 99723-9068
Instagram: @kamadegatocatsitter



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *