Cultura negra lamenta morte de Mestre Afonso, do Maracatu Leão Coroado

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
Mestre Afonso estava à frente do Leão Coroado desde 1996. Foto: Eric Gomes/Secult-PE

Foi durante um toque para Oxum em seu terreiro, na noite deste domingo (15), que Afonso Aguiar, mentor da Nação de Maracatu Leão Coroado, se encantou, aos 70 anos, em Olinda.

De acordo com familiares e amigos, ele estava participando da festa no momento em que sofreu um infarto fulminante. Levado para a Unidade de Pronto Atendimento de Olinda, a liderança do Leão Coroado não resistiu e veio a óbito.

Originário da Campina do Barreto (Recife), Afonso Gomes de Aguiar Filho era babalorixá e há mais de vinte anos comandava o terreiro São João Batista, em Águas Compridas (Olinda), local onde hoje é a sede do Maracatu Carnavalesco Misto Leão Coroado.

Mestre Afonso foi o herdeiro do Mestre Luíz de França, uma das grandes referências no maracatu de baque virado no estado de Pernambuco. Assim, desde 1996 virou oluô da centenária Leão Coroado, reconhecida como Patrimônio Vivo de Pernambuco.

Homenageados Carnaval Olinda 2018: Conheça candidatos

Recentemente, no mês de março de 2018, ainda sob a liderança de Mestre Afonso, o Maracatu Leão Coroado passou a ter um projeto de Salvaguarda do patrimônio imaterial, prometendo registrar os aspectos positivos e também de luta enfrentados pelo grupo e que também refletem a realidade de outras iniciativas da cultura popular.

O velório acontecerá a partir das 10h, na sede do Maracatu Leão Coroado, no bairro de Águas Compridas, em Olinda. O sepultamento será às 16h, no cemitério de Beberibe.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *