Faça o seu desejo: 19 crianças dizem o que sonham para seus bairros

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email

Bom dia, boa tarde, boa noite! Hoje (12), Dia das Crianças, o PorAqui traz uma matéria pra lá de especial. Nossos conteudistas perguntaram a meninos e meninas de 15 bairros do Recife, Olinda e Aldeia o que eles e elas desejam para os lugares em que moram. Menos ladrões, uma tirolesa que arrodeasse o bairro todo e até mais baobá espalhado por aí foram alguns dos desejos que ouvimos dos pequenos.

Convidamos você a também olhar o bairro com o olhar de uma criança. Pra elas, o bairro é como uma extensão da própria casa (falando nisso, você viu o Manifesto Viva o Seu Bairro?). Então, vamos juntos com as crianças cuidar da nossa casa?

O que você deseja para o seu bairro?


1.Brincar na rua.

Madalena, 11 anos (Setúbal)

Queria que minhas amigas morassem perto de mim e que a gente pudesse brincar na rua. Mamãe sempre conta que brincava na rua. Ela morava aqui nessa rua mesmo. Eu nunca brinquei na rua, só aqui dentro do prédio ou dentro do prédio das meninas. Mamãe e vovó nunca deixam que eu vá brincar lá, até porque não tem nenhuma criança. A única coisa que eu faço só é ir até o mercadinho da frente de casa comprar Coca-Cola enquanto vovó está fazendo o almoço.

2.Andar com o cachorro sem ser no estacionamento do prédio

Maysa, 5 anos (Setúbal)

Queria que tivesse um super lugar pra que eu pudesse correr bem muito e andar com o Thor (cachorrinho). E que desse pra andar de bicicleta e skate também. Eu só posso andar com ele no estacionamento do prédio e é muito chato. Queria que tivesse um lugar pra gente poder andar sem ter que se preocupar com carro, porque o Thor é doido e corre pro meio da rua. E que tivesse uns postos com chocolate pra mim e ração pro Thor.

3. Uma praça, com muitos, muitos brinquedos

Marina, 5 anos (Várzea)

Aqui no bairro eu adoro ir na padaria com meus pais, mas queria que aqui tivesse mais praças… mas tinha que ter muuitos brinquedos.

4. Mais segurança e mais lazer

Beatriz,9 anos (Jardim São Paulo)

Eu gostaria que meu bairro tivesse mais segurança, que os brinquedos da praça fossem consertados e que houvesse mais opções de lazer para as crianças.

5. De novo: que tivesse menos ladrões

João, 8 anos (Aldeia)

Aqui é muito bom de viver porque tem muita natureza, plantas, frutas, e também porque todo mundo se conhece. Gostaria que tivesse mais hospitais, lojas de brinquedos, segurança e menos ladrões.

6. Mais árvores e que todo mundo ajudasse os pobres

Maria, 6 anos (Aldeia)

Quero que as pessoas ajudem a tirar o lixo da rua e que plantem mais árvores pra gente respirar melhor. Quero que tenha lagos com peixes e gansos e que todo mundo ajude as pessoas pobres.

7. Que as pessoas andassem mais de ônibus 

Paulo, 9 anos (Rosarinho)

Podia ter mais segurança, arborizado já é bastante. Queria ter mais parques, só tem uma praça bem pequenininha que é até perto da casa de um amigo meu. E outra coisa que eu quero também que melhore é que as pessoas vão mais de ônibus. Porque fica muito barulho, tipo quando eu estou dormindo e passa uma moto.

8. Motoristas educados e mais parques para deixar o videogame de lado

Letícia, 9 anos (Espinheiro)

Queria que os cidadãos tivessem mais segurança, sem assaltos, as ruas mais arborizadas e as calçadas também menos esburacadas. Eu também gostaria que os motoristas fossem mais educados, porque tem gente que está muito atrasado para o trabalho ou para a escola e, ao invés deles pararem, seguem em frente na maior velocidade. E eu não acho isso certo, porque tem gente que está com bebês, tem gente que está muito atrasado, ou vai para o hospital… Se tivessem bem mais parques eu acho que ia ser legal, porque ficar só nos jogos parados fica muito chato.

9. Calçadas melhores

Mateus, 9 anos (Aflitos)

As ruas, não as ruas… É, as calçadas, são pequenas. Para os pedestres, é muito ruim. E também tem muito tráfego de carros, com muito barulho e é difícil de andar. E você tem que ficar olhando para o chão porque senão tropeça. Imagina um cadeirante… Eu penso também em ter mais parques, lugares mais arborizados, mais limpos.


10. Um policial em cada lugar

Marcel, 10 anos (Boa Viagem)

Eu queria mais policiamento, mais postes de luz nas ruas… Que os policiais ficassem andando perto e que os policiais fossem mais rápidos para o caso de acontecer alguma coisa. Pras pessoas que forem assaltadas conseguirem pegar suas coisas de volta. As pessoas são roubadas e não acontece nada. Tinha que ter um policial em cada lugar.

11. Um lugar que não tenha nem polícia nem ladrão

Sidney, 11 anos (Pina)

Eu quero um bairro que não tenha polícia nem ladrão. Quero parques também, com escorrego, balanço… E também quero que a maré seja limpa, porque com a maré muito suja fica muito ruim pra gente.

12. Mais baobás

Marina, 5 anos (Apipucos)

“O que eu mais gosto do meu bairro é o Parque Santana porque tem muito balanço. Eu queria que tivesse mais hotéis e mais árvores como o baobá em frente à casa da minha vó, na Rua do Barchef.

13. Que o bairro virasse um parque

Joana, 9 anos (Casa Forte)

Eu queria que tivesse o melhor parque do universo, com um escorrega bem grande, um pula pula que desse pra ficar em cima das nuvens e uma tirolesa que arrodeasse o bairro inteiro. Também queria que tudo fosse de graça e que tivesse um monte de lojas de doces.

14. Que as pessoas fossem mais limpinhas

Clarissa, 10 anos (Graças)

Na Rua das Graças, as pessoas não limpam o cocô do cachorro. Elas deixam por aí. Tem até um pet shop que deixa saquinhos do lado de fora, só que ainda assim as pessoas não limpam. Isso eu mudaria. Eu desejaria que tivesse calçadas melhores, com menos buracos, porque tem muitos idosos no meu prédio, aí, se eles forem andar sozinhos, podem cair.

15. Que as ruas fossem mais iluminadas 

Lua, 10 anos (Graças)

Eu queria que tivesse mais iluminação e segurança. Porque tem muitos casos de mulheres que foram estupradas na rua e tudo e eu sinto que de noite aqui na rua perto da escola fica muito escuro. E também isso das calçadas que Clarissa falou, que tivesse calçadas que possibilitassem os cegos a andarem. Eu vejo várias vezes os cegos com dificuldade de andar, até o cocô de cachorro mesmo. Eu acho que eu luto bastante pra conseguir uma cidade mais segura pra todo mundo. Nem só pras mulheres, mas pros homens, pros cachorros, pra todo mundo. Indo pra rua, protestando, dizendo o que a gente acha…

16. Que tivesse uma ciclovia

João, 9 anos (Jaqueira)

Eu gostaria que colocassem uma ciclovia porque, se andassem mais de bicicleta, aí não poluiria tanto o ar.  Mas eu acho que o prefeito não vai colocar não. Pode mandar carta, pode mandar torpedo, pode mandar tudo… Eu queria também que tivesse menos lixo na rua, porque além de trazer ratos e baratas, também causa mal cheiro e também pode dar doenças. Eu jogo lixo na lixeira, eu não desmato. Eu não posso fazer nada de ruim porque aí não vai ter mais tanta coisa nesse bairro.

17.  Que a prefeitura pagasse melhor os garis e o grafite fosse livre

Ian, 11 (Cidade Alta, Olinda)

Vou começar do básico até o final. Primeiro, gostaria que os garis começassem a pegar os cacos de vidro que tem na rua para as pessoas não correrem nenhum risco de se machucarem. Muitas vezes, entram no pé de algumas crianças e começa a sangrar. Gostaria que a prefeitura pagasse melhor os garis para que eles pudessem tirar todo o lixo. Que passassem e não deixassem cair nenhum lixo.

Outra coisa, que nem esses grandes artistas, eu queria ter a chance de grafitar a rua também. Até tô inclusive desenhando mangais agora.

18. Que as ruas fossem limpas

Bento, 6 (Cidade Alta, Olinda)

Tem que varrer a rua também e colocar os cocôs juntos e colocar no lixo. Todo mundo tem que fazer isso.

19. E que tivesse mais natureza

Francisco, 5 anos (Boa Vista)

Eu quero mais gramas, árvores… mais essas coisas. Porque não tem muita natureza nascendo e a gente precisa de mais natureza pro nosso Planeta.

Sobre como prefere ser chamado – Francisco ou Chico – , ele não titubeou: “Eu prefiro os dois… porque eu sou gentil!”

E você, o que quer para o seu bairro?! ?

 



comment 2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *