9 coisas sobre o Capibaribe que você ficou sabendo PorAqui

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
Foto: Natália Dantas/PorAqui

O bairro da Várzea chama-se assim por que é cortado por ele. Casa Forte era considerada a “praia” do Recife até o início do século XX por causa dele. As Graças, em breve, vai aproveitá-lo bastante. Jaqueira e Derby respiram ele bem de perto. O Centro e o Recife Antigo testemunham seu fim.

Você já sabe de quem estamos falando, né? É que 24 de novembro é o Dia do Capibaribe! Pra homenageá-lo, o PorAqui preparou uma retrospectiva com as nossas melhores histórias sobre o “cão sem plumas”, de João Cabral de Melo Neto, o “Capiberibe”, de Manuel Bandeira, e o rio de “beleza católica” de Joaquim Cardozo.

Vem com a gente, nesse passeio de quase um ano pelo Rio Capibaribe:

1.O Capibaribe é praticamente um zoo a céu aberto.

A simpática lontra mora no Capibaribe (Foto: Silvino Pinto/Parque Capibaribe)

Dá pra ver guaiamum, lontra (foto),  gavião,  jacaré,  marreco. Capivara, então, nem se fala….

2. A capivara reina absoluta

Capivaras encontradas no Poço da Panela (Foto: Silvino Pinto/Parque Capibaribe).

Nem podia ser diferente, né? Afinal de contas, Capibaribe significa “rio das capivaras”. Olha só quantas vezes elas apareceram PorAqui:

Capivaras fazem visitas constantes ao Jardim do Baobá

Em relato emocionante, morador conta como é ver capivaras pela primeira vez

Opa, que esse post é sobre o Capibaribe e não sobre o simpático mamífero (mas sem elas, o rio teria outro nome e, talvez, menos poesia). Mas pera só um pouquinho, que em fofura não se economiza!

Família de capivaras encanta frequentadores do Graças Food Park

Capivara deve virar emoji 

3. Tem bairro que a moral é tanta, que o nome veio junto com o rio

Você sabia que a Várzea, na Zona Oeste, era formada por 16 engenhos, lá nos idos do século XVI, que juntos se chamavam Várzea do Capibaribe? Tá tudo aqui: 6 coisas que você não sabia sobre a Várzea

4. Tem um Jardim Secreto e a gente diz logo onde fica: Poço da Panela.

Pra descobrir, clica aqui.

O Jardim Secreto fica no fim da Rua Marquês de Tamandaré, às margens do Capibaribe, no Poço/Foto: Raynaia Uchôa

5. Dá pra fazer passeio de barquinho

Como o da youtuber mirim Alice, 7 anos, no Jardim do Baobá ou o que sai da Rua Marquês de Tamandaré, no Poço da Panela, em direção à Iputinga e custa R$ 1.

 

6. Dá pra dar uma de poeta e se inspirar no rio que é um cartão postal 

“É uma delícia caminhar (de chinelo mesmo, como quem está no seu quintal) e ver lá no fundo aquela imagem cartão-postal do Recife, com as pontes, o Teatro de Santa Isabel, o Rio Capibaribe…”, como disse nosso colaborador Marcus Inglesias, no Pequeno guia de um novo amante do Centro do Recife.

7. Dá pra cuidar dele também!

Como essa turma aqui, que se juntou a pescadores para tirar lixo do rio.

Pescadores e moradores de Casa Forte se juntam para mutirão de limpeza no Capibaribe

8. Já já vai dar pra ir no cinema às margens do Capibaribe

No Derby, o Cinema da Fundação está em reforma só pra deixar o rio mais à vista pra quem frequenta o lugar. Claro que não é só isso, mas pra gente o ponto principal da obra é esse mesmo!

9. Por último, mas não menos importante, as margens do rio estão prestes a virar uma área de convivência, o Parque Capibaribe!

Foto: Prefeitura do Recife/divulgaçãoParque Graças: o projeto, tintim por tintim

3ª etapa do Parque Capibaribe será da Ponte da Torre ao Jardim do Baobá

O PorAqui não esconde a paixão pelo Capibaribe! E você, tem alguma história, poesia ou foto do rio? Manda pra gente pelo e-mail colabore@poraqui.news.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *