Autonomia e veganismo popular: dupla oferece oficina que vai além da culinária

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
(Foto: Divulgação)

O Vegan’n’Roll e a La Bruja Vegana oferecem mais uma oficina prática de culinária objetivando autonomia e libertação (a sua e a dos animais!). 😉

O Vegan’n’Roll nasceu em 2015 de tudo que Carla Falcão, vegana há três anos, ama e acredita. Realizando uma culinária abolicionista e feminista, a alquimia produzida por ela conta com muita arte e rock n’ roll na sua lista de temperos.

Inicialmente trabalhando apenas com eventos e encomendas, logo surgiu a demanda de oferecer o serviço delivery de marmitas, tendo ocupado também a cozinha do badalado Iraq Club durante nove meses.

Sovaj: mulheres recifenses e um bar com cardápio 100% vegano

Carla Falcão/Vegan Roll. Foto: Facebook/reprodução.

Já Mirlie Diniz, que é vegetariana há doze anos e vegana há seis, trabalha com alimentação livre de sofrimento animal desde 2015, sempre através do cooperativismo. Hoje, é quem mexe e faz borbulhar o caldeirão de sabores da  La Bruja Vegana, que começou também como marmitaria, passando a aceitar encomendas e kit festas depois de seis meses.

Mirlie Diniz/La Bruja Vegana. Foto: Facebook/reprodução.

Por entenderem o veganismo como uma forma de boicote ao capitalismo e encarando a cozinha como ato político, ao notarem que estavam tocando projetos semelhantes que terminavam por dividir a mesma fatia de mercado, a dupla, que já havia trabalhado junta em ocasiões pontuais, resolveu unir forças definitivamente através de uma cozinha coletiva.

Hoje a La Bruja Vegana e o Vegan’n’Roll funcionam em parceria e atendem através do eco-delivery de marmitas super bem servidas (a refeição custa R$ 18 já com a entrega), encomendas de doces, salgados, lanches, kit festas, refeições congeladas e oficinas (algumas delas gratuitas em comunidades carentes).

A feijuca é uma das delícias oferecidas pelo coletivo. (Foto: Facebook/reprodução)
(Foto: Facebook/reprodução)

Mão na massa

A primeira Oficina Prática de Culinária Vegana de 2018 tem como foco principal ensinar a montar um cardápio semanal de refeições saudáveis, fáceis, e, sobretudo, econômicas – pra provar pra quem ainda duvida que o veganismo pode ser acessível e popular. Além de muito saboroso e saudável, claro! 🙂

(Foto: Facebook/divulgação)

O encontro acontece no próximo dia 5 de maio, um sábado, e possui duração de 5 horas, das 14h às 19h. As aulas são práticas: todo mundo bota a mão na massa e degusta tudo o que faz!

O conteúdo trabalhado será: montagem de cardápio semanal, com 7 pratos principais diferentes; variedades e combinações de alimentos; opções sem glúten; e técnicas de congelamento.

Mão na massa! (Foto: Facebook/divulgação)

A experiência com a dupla  promete passar bem longe de ser apenas uma aula de culinária. Propor e discutir uma alimentação o mais livre possível dos industrializados, por exemplo, é um ponto chave para elas, visto que além de econômico, é mais saudável e sustentável.

Nas conversas também serão pautadas questões como o feminismo, consumo consciente e meio ambiente, sendo um encontro transformador em vários aspectos pra todo mundo: pra quem propõe e pra quem participa.

(Foto: Facebook/divulgação)

Autogestão, independência e liberdade. Transformações pessoais e a mudança do mundo começam no prato. Duvida? Se inscreve aí que elas vão te provar! 🙃

Oficina Prática de Culinária Vegana
📍 Benedito Coworking Gastronômico – Estrada de Belém, 396, Encruzilhada, Recife – PE
📅 5 de maio, sábado
⏰ 14h às 19h
💰 Investimento: Até 20/04: $160 | De 21 a 30/04: $175 – Vagas limitadas
📞 Reservas e mais informações: (081) 98871-0909 e (081) 98437-2559
📸 Instagram: @labrujavegana e @veganroll

Por Katarine Araújo, do Não Nem Queijo

Katarine Araújo é poeta, às vezes advogada, mas nem sempre foi vegana. Quer mostrar PorAqui, através do canal Não Nem Queijo, que a culinária livre de proteína animal pode ser simples e acessível – e muito saborosa, claro.

Os conteúdos publicados no PorAqui são de autoria de colaboradores eventuais e fixos e não refletem as ideias ou opiniões do PorAqui. Somos uma rede que visa mostrar a pluralidade de bairros, histórias e pessoas