Tradicional sorveteria artesanal da Zona Norte retorna ao endereço de origem

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
Foto: Marina Suassuna/PorAqui

Há quase dois meses, o Edf. Horasalda, na lateral do Bompreço de Casa Amarela, Zona Norte do Recife, voltou a ser ponto de encontro de diferentes gerações. É que um antigo estabelecimento, o Tio Beto Sorvetes Artesanais, que ocupou o local dos anos 1970 até 2002, retornou ao seu endereço de origem.

A sorveteria que marcou gerações com seu sabor único e 100% natural estava funcionando, nos últimos anos, dentro do condomínio Parque Dom Luiz, também em Casa Amarela. Mas poucas pessoas sabiam. O retorno para o antigo endereço tem um significado afetivo para maioria dos moradores da Zona Norte do Recife.

Foto: Marina Suassuna/PorAqui

“Quando eu vi no Facebook que ia reabrir no Edf. Horasalda, fiquei aguardando ansiosamente por isso. Esse endereço fez parte das melhores lembranças da minha adolescência, quando eu voltava de bonde do colégio pra tomar sorvete aqui. Reviver isso é muito gostoso porque fez parte da minha felicidade, de quem eu fui. Mesmo quando eu não estiver mais aqui, quero que esse estabelecimento permaneça”, disse Edel Baltar, moradora de Apipucos que viveu a infância em Casa Amarela.

Como tudo começou

Foi nos anos 1940 que Humberto Pina, fundador do estabelecimento, começou a se dedicar ao processo artesanal de sorvetes, se tornando pioneiro do ramo em Pernambuco. Durante mais de 76 anos de sua vida ele se dedicou ao ofício, influenciando várias outras sorveterias da cidade que aprenderam seu conhecimento como a Sorveteria Bacana, a Pinguim, a Frisabor e a Fika Frio.

Humberto faleceu nos anos 2000 e desde lá seu legado é mantido pelos filhos e netos, que não deixam morrer a fórmula criada em 1938.

Foto: Marina Suassuna/PorAqui

“Meu pai sempre defendeu que o sorvete tem que ser distribuído para as pessoas da forma mais natural possível sem produtos industrializados, corante e aditivos químicos. Pra isso, ele tentava extrair o melhor da própria fruta para as pessoas tomarem”, explica o sorveteiro Max Pina, filho do fundador e atual administrador.

A Tio Beto Sorvetes se destacou principalmente pela variedade de sabores. Atualmente são mais de 50 opções. Muitos foram criados pelo próprio Humberto e se tornaram carro-chefe do estabelecimento como o de milho verde, delícia de abacaxi e o napolitano (morango, chocolate e baunilha).

“Desde pequeno aprendi a ir com ele na feira buscar frutas exóticas como também as frutas da terra pra transformá-las em sorvete. Elas eram escolhidas dedo a dedo. Como nós somos nordestinos e estamos em Recife, ele sempre procurou usar frutas do Sertão e algumas até mais difíceis de encontrar “, conta Max.

Foto: Marina Suassuna/PorAqui

Em breve, vão entrar no cardápio os sorvetes de bolo de rolo e panetone.  Assim como os sabores, as caldas também são fieis aos ingredientes, como as de morango, ameixa e kiwi, feitas da própria fruta.

Para alegria dos saudosistas, um clássico dos anos 1980 também voltará ao cardápio: o famoso combinado (5 bolas de sorvete com chantily, calda, farinha de amendoim, um biscoito e uma cereja).

📌Tio Beto Sorvetes Artesanais
📍Edf. Horasalda (Rua Dona Ana Xavier, 60, Casa Amarela)
De domingo a domingo, das 10h as 22h



comment 2 comentários

  1. Ontem tive um reencontro maravilhoso; com o lugar e com o sorvete. E também com o Max (que até então eu não sabia que Max era o Max...kkkkk ... vou explicar!). O sabor continua supimpa e as bolas permanecem com o tamanho generoso. Quando chegamos fomos atendidos pelo Max. Falei prá ele, que quando ia na sorveteria lembrava de um rapaz bem magrinho, de óculos que nos atendia. Ele disse que aquele rapaz era ele... É q na hora do atendimento ele estava sem o óculos. Mas agora, vendo a foto dele no "por aqui" com o óculos voltei ao passado... Lembro que você fez um "combinado" bem reforçado prá mim, Max!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *