Após petição, Guaiamum Treloso Rural garante que festival vai acontecer

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
Foto: Facebook/Guaiamum Treloso

Após o Fórum Socioambiental de Aldeia, organização apartidária da sociedade civil, encaminhar ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE) uma petição pedindo a proibição do Guaiamum Treloso Rural, em Aldeia, no próximo dia 20, a produção do festival veio a público informar que a 3ª edição do evento será realizada, uma vez que conta com todas as garantias de licenças e autorizações.

Fórum Socioambiental quer impedir Guaiamum Treloso em Aldeia

O argumento do fórum é que o evento causa transtornos tanto aos moradores quanto ao meio ambiente do entorno. Nas palavras do presidente da entidade, Herbert Tejo, “o fórum tem a obrigação de denunciar às autoridades o que entende como agressões ambientais de toda natureza, inclusive de perturbação do sossego e poluição sonora, além de potenciais agressões à fauna e à flora”.

O festival aguarda um público de cerca de 6 mil pessoas. Na programação, nomes de peso como Elza Soares, Nação Zumbi e Cidadão Instigado, numa das prévias mais esperadas do Carnaval pernambucano. O local é a Fazenda Bem-te-vi, no km 13 da Estrada de Aldeia. O Treloso começa às 15h e está previsto para termina a meia-noite.

Confira o comunidade da produção do Treloso na íntegra:

A produção do Guaiamum Treloso Rural vem a público informar que a 3 ª edição – 2018 – do evento, marcada para 20 de janeiro, na Fazenda Bem-Te-Vi, em Aldeia, será realizada contando com toda garantia das licenças e autorizações necessárias dos órgãos e autoridades previstos na legislação.

A equipe responsável possui mais de 20 anos de experiência em produções de evento desse tipo e porte não havendo registro de incidentes.

Confiamos em nossa retidão e respeito para com nossos clientes, meio ambiente e legislação, permanecendo sempre à disposição das autoridades, bem como órgãos de justiça e regulação, para qualquer esclarecimento suplementar que se entenda necessário.

Qual sua avaliação? Deixe sua opinião nos comentários!



comment 4 comentários

  1. A produção certamente tem "retidão e re$peito" com os cliente$, mas com os moradores, meio ambiente e frequentadores de uma Aldeia que merece respeito, não. A festa produz um barulho infernal que nós moradores do bairro não somos obrigados a aguentar. Quais os órgãos públicos que autorizaram uma festa desse porte em Aldeia? De que forma? É bom saber.
  2. Pra mim o problema maior e de mobilidade. 6 mil pessoas subindo p aldeia numa estrada que já não atende aos moradores e trabalhadores daquela área já nos dias normais. Imagine um morador passar mal e precisar se deslocar? São inúmeros carros e onibus fretados nesta estrada causando congestionamento fora do normal.
  3. A produção esquece apenas de informar que nesses 20 anos de experiência a mesma festa foi banida do Poço da Panela pelo mesmo motivo: perturbação do sossego....e por uma ação movida pela associação dos moradores do bairro junto ao Ministério Público...
  4. Os trelosos querem trazer para a paz da APA ALDEIA BEBERIBE, o CAOS URBANO. Ele trarão para o fragmento da Mata Atlântica que temos em Aldeia, e que garantem clima ameno até na planície do recife, e água na bacia hidrográfica da região, e que abastecem várias empresas de engarrafamento de água mineral, 10 mil pessoas ou mais, que não têm nenhum compromisso com aquela área, fazem como fizeram os descobridores do novo mundo. Isto é, vêm para aqui se apropriar da nossa riqueza, explorar a Natureza, deixar resíduos, e lixo de todo tipo, e os promotores ganham dinheiro. Já quiseram degradar até a praia de Porto de Galinhas. Esse tipo de evento deles foi rejeitado em todas as áreas civilizadas. É preciso que a justiça proíba esse abuso, porque a Prefeitura e outros orgãos que poderiam impediriam impedir, não o fazem não se sabe que interesse há por trás disso. Haverá um bombardeio incessantes de potentes ondas sonoras, que se instalação permanentemente no organismo dos seres vivos. Mesmo cessada a fonte sonora, o dano já estará instalado, e produzirá os efeitos desastrosos incessantemente. É o tipo de evento que antes, durante e depois favorece a ocorrência de atos de violência. Soube que eles querem trazer até tribos de índios, pois acham que os índios na mata podem tudo. Os danos causado na espécie humana atinge com mais impacto crianças e idosos. Mas na fauna, principalmente filhotes os danos podem der fatais, pois afetam todo o organismo dos seres do BIOMA, de forma irreversível, tanto nos humanos quanto nas demais espécies. Muitos jovens querem o show, devido à desinformação e muitos dos nossos jovens e também adulto já estão seriamente com a audição e o sistema nervoso com reflexo em todo o organismo. Ele devem procurar ambientes preparados para esse fim, tipo arena de futebol. Mas querem ganhar muito dinheiro e não querem pagar o preço do aluguel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *