Filme gravado no Pina é uma das atrações do FestCine

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
Foto: divulgação

Vai rolar, na sexta-feira (8), o encerramento da 19ª edição do Festival de Curtas de Pernambuco (FestCine), e a última sessão será com Superpina. O filme foi rodado em um mercadinho da Rua São Luís, no Pina, e já contabiliza o prêmio de melhor curta internacional no 9º Festival Internacional de Cinema da Fronteira em Bagé, no Rio Grande do Sul.

Ilha de Deus é cenário de filme sobre mulheres pescadoras

Projeto dialoga com tendências atuais do cinema contemporâneo (foto: divulgação)

Dirigida pelo cineasta baiano radicado em Pernambuco Jean Santos, a obra conta a história de Paula (Dandara de Morais), uma jovem criativa que faz “bicos” como fotógrafa e também atua como cantora em um restaurante chamado “Boca da Noite”. Seu currículo é selecionado para trabalhar no “Superpina”, um pacato supermercado no coração do bairro do Pina. Entre prateleiras e estoques, clientes e funcionários irão experimentar o “Amor Primo”.

“Eu trabalho muito com videoclipe e outras produções de artistas independentes da cena musical pernambucana, e juntei isso a um roteiro que eu já tinha sobre supermercado e fizemos Superpina”, conta Jean, que recebeu inspiração de alguns amigos que tem no Recife.

O Pina foi escolhido por já ser um lugar de filmagem de vários filmes pernambucanos. O elenco também é recifense, como a protagonista Dandara, e a trilha sonora conta com vários artistas locais, como Graxa, Aninha Martins, Feiticeiro Julião e outros. As filmagens foram feitas no mercadinho M.Graças, na Rua São Luís, Comunidade do Bode, no Pina.

O curta evoca cores e elementos musicais com aproximação com a comédia, sem abrir mão de elementos do drama, suspense e da ficção científica. Interage com elementos do cinema musical e com o ritmo e agilidade dos cortes da linguagem videoclíptica.

“O filme conta com bastante música. Não é um musical, é uma narrativa experimental”, explica Jean. A exibição de Superpina ocorrerá às 20h da sexta (8), no encerramento do FestCine.



comment 1 comentário

  1. Ficou muito legal a matéria, adorei o app de vcs! Só corrijo que não sou "carioca". Sou de Recife :D, mas nascido na Bahia. Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *