Caxangá ganha novo retorno para a Várzea a partir de hoje (13)

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email

A partir de hoje (13), quem estiver na Av. Caxangá, sentido Camaragibe, agora tem uma nova opção de retorno e acesso à Várzea e à Cidade Universitária, na Zona Oeste do Recife, próximo ao cruzamento da Rua Dona Inês Correia de Araújo.

Vai funcionar da seguinte forma: vindo pela Caxangá, sentido Camaragibe, os motoristas poderão entrar na Rua Pedro Ernesto (a segunda à direita após o Caxangá Golf Club), que antes era mão dupla e passa a ser mão única, dobrar na primeira à esquerda (Rua Dona Inês Correia de Araújo, que também deixa de ser mão dupla), e realizar o giro à esquerda na Caxangá, cruzando a vida, e acessando o sentido Centro.

Assim, quem estiver trafegando pela Caxangá e quiser adentrar a Várzea, não precisa mais ir até o retorno próximo à Unidade de Pronto Atendimento Professor Paulo Cavalcanti (UPA da Caxangá), que era a única possibilidade existente na via neste trecho. Basta entrar à direita na Rua Tôrres Homem e acessar o bairro.

A mudança foi implantada pela Prefeitura do Recife, por meio das Autarquias de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) e de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb), e a ideia é diminuir a retenção de veículos no retorno próximo à UPA.



comment 24 comentários

  1. seria bom olharem com mais cuidado para o retorno feito pela Rua Emiliano Braga e Chaves Batista. Todos os dias há um congestionamento imenso, pois esse retorno concentra o fluxo vindo de três locais: caxangá, general Polidoro e BR.
    1. Também concordo. Deveriam investir na pracinha que tem depois do posto de gasolina e colocar um semáforo na entrada antiga.
  2. Tem que ativar o retorno já pronto após a UPA, e desativar os sinais de entrada a esquerda no cruzamento,ficando apenas dois sinais no cruzamento com isso aumentando o fluxo de carro e deixando de emperrar a faixa do BRT, será possível que ninguém vê isso? Já está pronto é só executar.
    1. Extamamente. Moro próximo e infelizmente tenho que "invadir" a faixa do BRT pra entrar na rua de casa. Isso afeta muito o fluxo pq metade dos carros ficam atravessados entre as faixas devido as 3 possibilidades de caminho diferente para dua mãos opostas.
  3. Gostaria de ajuda do site para fazer pressão à CTTU sobre o engarrafamento diário que ocorre nas ruas Emiliano Braga, General Polidoro e João Sales de Menezes. Além do alto número de veículos que precisam acessar à Av. Caxangá tem o agravante de vias de mãos duplas e estacionamento permitidos nos duas faixas de rolamento da Rua João Sales de Menezes, daí os imprudentes trafegam pela contramão e causam um verdadeiro transtorno.
  4. O mais interessante e mais um importante ninguém destes órgãos de trânsito encheram, o que causa transtornos na vida de quem mora ou trabalha no bairro da Várzea é a saída do bairro pela Av. Afonso Olindense seguindo pela Rua Rodrigues Ferreira, pois todos os dias o engarrafamento começa antes do antigo Coliseu em fila tripla até chegar na Av. Caxangá, isso é que deveria ser visto esse retorno é igual ao Viaduto novo da Caxangá não serve pra nada.
    1. é verdade! Tem dias que levamos mais de 1h para sair do bairro da Várzea. Fora as colisões constantes que tem ocorrido, uma vez que os ônibus fazem o retorno para a itegração pela Rua Rodrigues Ferreira.
  5. Será que em recife não exista um engenheiro de trafego para sinclonizar esses sinais...Se não tem arrume um.
    1. Acho que não existe esse cargo na CTTU, pq o que vimos nas ruas da cidade é de se comparar ao século retradado
  6. Rapaz, só quem conhece a Várzea pelo Google Maps pra fazer uma porqueira dessas. A Rua Torres Homem é uma via estreira, praticamente residencial, com vários carros estacionados na via, a noite é bastante esquisita e não dá uma boa saída para quem quer ir para a Várzea. Pois ela é entrada da Brasilit. A prefeitura faz um investimento desse sem fazer estudo nem pesquisa no local. Aguardem os transtornos e os assaltos.
  7. Era melhor ter investido em infraestrutura na praça que fica após o posto de gasolina e ter colocado o sinal no antigo retorno. Aí sim seria uma entrada descente, com via larga e de escoamento rápido.
    1. Exatamente, nem vi seu comentario antes de fazer o meu abaixo. A solução e exatamente essa/
  8. A CTTU deve ser gerida por carroceiros so pode, que jumentice o problema não e o retorno para entrar na Varzea e sim para sair dela. Para entrar tem inumeras alternativas depende de onde vem, para sair e onde o bicho pega, deveriam mudar o fluxo e voltar como era antes e fazer o retorno por traz do posto shell cruzando a mesma dai só teria um sinal apenas para resolver ambos os casos.
  9. Por favor! Façam uma reportagem com a CTTU sobre os congestionamentos constantes na rua Professor Chaves Batista, que em grande parte é mão dupla e ainda é permitido estacionar, na saída da CDU(Várzea), pois acumula o trânsito da Av. General Polidoro (pela Emiliano Braga), da BR 101 (pela Rua João Sales de Menezes).
  10. Excelente, vivi dias maravilhosos nessa pracinha perto da igreja da caxanga, minha mãe trabalhava no posto de saúde, q ainda funciona
  11. O problema é que na rua torres homem sendo mão dupla vai ser difícil passar caminhão. Por ser estreita.
  12. Será que existe alguma coincidência com os apartamentos novos e os que estão sendo construídos? Hum...
  13. Tá aqui o real motivo da implementação da gambiarra... vai atender muito bem os nobres que frequentam o clube e tem dificuldade de sair de lá em direção a zona sul, livrando-os do engarrafamento que atormentam e vai continuar atormentando milhares de plebeus todos os dias. Aos moradores da Várzea sobrou o benefício de passar por uma favela para ter acesso ao bairro. https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1575484502491284&id=176922765680805
  14. A prefeitura faz do jeito que ela quer pois eles não tráfego pelo local.nao sabem de nada.Tem perguntar aos moradores e trafega. E outra o retorno o da várzea deveriam colocar sinais de trânsito.
  15. Essa torres Homem é uma favela muito perigosa e estreita. Fica na entrada da favela Ninhos das cobras. Os carros e caminhões que entrarem juntos nessa rua ficarão presos... Bastava abrir a antiga entrada da várzea e usar a torres homem apenas para saída da várzea. Quem projetou isso aí, com certeza nem anda por aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *