No meio de Setúbal, tinha um jardim. Conheça a história de Biu e o filho Edson

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
Edison Barros e Seu Biu (Foto: Suzana Souza/PorAqui)

Quem passa pela Rua Rio Azul, em Setúbal, Zona Sul do Recife, já deve ter avistado o verde que toma conta da via direita do canal há mais ou menos um mês. São as plantinhas  do Vida Verde, negócio de paisagismo e cultivo familiar.

Aos quase 60 anos de idade, o jardineiro Severino José de Barros, conhecido como Seu Biu da Jardinagem, cultivou em seus filhos o amor pelas plantas e em 2006 abriu com um deles, Edson Barros, o Vida Verde. O ofício da jardinagem passou de pai para filho e o negócio familiar de paisagismo e cultivo chegou a produzir mais de 800 mudas por semana.

Biu coleciona histórias sobre flores e clientes fiéis que contratam seus serviços há mais de 30 anos. “Cuidar das plantas é que nem cuidar de uma criança, não pode só jogar água a esperar que cresça. Tem que ter amor, tem que ter cuidado”, conta seu Biu com a simplicidade e carinho de quem trabalha no ramo há muito tempo.

De pai pra filhos

“A gente tem que aguar a planta até chegar na raiz, mas sem afogar a bichinha. E depois tem que dar um banho de água nela. Painho me ensinou isso quando eu era criança ainda”, conta Edson. Além dele, os outros irmãos também seguiram o ofício da jardinagem e trabalham com manutenção de jardins de condomínios pelo Recife.

Sob as indicações atentas dos dois, é possível escolher entre mudas de flores, custando a partir de R$ 5, até palmeiras da espécie girafa, leque e areca, com valores que variam de R$ 50 até R$ 150.

Mudança

Os dois moram em comunidades próximas ao bairro de Setúbal, em Boa Viagem e Jaboatão dos Guararapes, e, há cerca de um mês, estão na beira do canal na Rua Rio Azul, na altura dos postos Shell e BR. Antigamente a família tinha um ponto fixo na área ao lado do túnel da Rua Rio Azul, perto do Shopping Recife. Saíram de lá devido a uma invasão que aconteceu no terreno e, apesar de estarem há mais de 8 anos no local, não tinham documentação que comprovasse a posse.

A prefeitura realocou Seu Biu e Edson no local onde estão hoje, mas eles ainda se preocupam: “No antigo espaço, a gente tinha encanamento pra aguar as plantas, tínhamos mais espaço e local pra cultivar terra de qualidade. Por enquanto, não dá pra gente investir em nada sem ter a certeza que vai poder ficar aqui”, conta Seu Biu, que anda desanimado com o negócio. “Cheguei a ter mais de 500 mudas só de palmeiras e hoje vejo várias delas morrendo por falta de água. Aqui a gente não tem estrutura pra cuidar”.

Quando indagado sobre a possibilidade de deixar o ofício, Edson se adianta ao pai e diz logo: “Isso não, deixar de fazer jardinagem e plantar nossas mudinhas não, mas a gente quer um local honesto pra fazer isso. Foi muito difícil deixar nosso antigo espaço, mas a gente não quis se envolver com violência”.

Se conseguirem alvará para funcionar permanentemente no local, entre os planos da família está a revitalização da área que eles estão atualmente, com capinagem do local, instalação de encanamento e, claro, plantio de árvores.

Além da venda das plantas, a família também faz manutenção de jardins em casas e condomínios. Para contratar o serviço da família, os números são (081) 98349-9521 | (081) 98741-8628 e (081) 98688-3989.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *