Virada Política do Recife: unir as várias vozes em torno do diálogo

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
(Foto: Mobilizadores.org)

Em tempos de acirramentos ideológicos, onde as redes sociais são o verdadeiro catalisador de ódios e paixões exacerbadas, o diálogo acaba perdendo espaço para o ataques pessoais, as intolerâncias e a falta de uma discussão aberta e construtiva.

Com a perspectiva de reverter o quadro de polarizações, e lançar mão do ouvir o outro em busca de um bem comum através de uma atuação política mais orgânica, acontece, pela primeira vez no Recife, das 17h desta sexta (10) até as 17h deste sábado (11), a Virada Política. A programação terá um “esquenta” no CEÇA e, durante todo o sábado, acontece na Faculdade de Direito do Recife, na Boa Vista.

A programação irá lançar foco sobre temas que envolvam a participação política fora das esferas partidárias, com a participação de pessoas, artistas, pensadores, entidades e iniciativas que atuam de forma independente, contribuindo para o debate com ações políticas.

Programação deste sábado (11) será na Faculdade de Direito do Recife (Foto: Wikipedia)

“A proposta da virada é dar visibilidade a iniciativas políticas que estejam fora das instituições oficias. Dar visibilidade a quem faz política na rua. Por isso, não convidamos nenhum vereador ou secretário da gestão pública”, diz Isabel Albuquerque, que faz parte da Rede Meu Recife e é uma das pessoas que está à frente da organização.

“A gente pretende mostrar que é possível viver com o contraditório, construir algo melhor se a gente conversar mais um com o outro. Fomentar o diálogo entre as mais diversas vertentes políticas de pensamento, com a participação de pessoas que tinha pontos diferentes do debate político, um debate mais aberto, mais diverso. Furar a bolha foi a ideia da gente”, conta ela.

A Virada Política acontece neste sábado (11) em outras cidades do país: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Brasília (DF), Campina (SP), Salvador (BA) e na Baixada Santista (SP). No Recife, ela foi viabilizada através de uma campanha de financiamento coletivo.

Programação

A Virada Política terá seu esquenta nesta sexta (10), às 17h, na CEÇA, com o Jogo da Política, conjunto de três jogos que simulam os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, numa experiência na qual os participantes se colocam no papel de um deputado, prefeito ou juiz, levando o jogador a viver na pele a complexidade da política.

Em seguida, às 20h, se apresente o Slam das Minas, uma batalha de poesia falada que reúne performances e poesia durante as apresentações. O Slam começou em agosto de 2017 e vem trazendo para o Estado a força da poesia feminina e a resistência de estar no espaço público escrevendo novas histórias.

Já no sábado (11), a programação será toda na Faculdade de Direito do Recife, no bairro da Boa Vista, com a realização de diversos encontros e debates de diferentes atores orgânicos da participação política na cidade.

O PorAqui marcará presença, às 13h30, no debate “O papel do jornalismo independente na construção de uma sociedade mais democrática”, junto a representantes do Centro de Cultura Luiz Freire, Jornalistas Livres e Marco Zero Conteúdo.

Confira a Programação completa

Sexta (10)
CEÇA (Av. Manoel Borba, 339 – Boa Vista)

17h às 19h30 [Jogo da Política]
20h às 21h [Slam das Minas]

Sábado (11)
Faculdade de Direito do Recife (Praça Adolfo Cirne, s/n – Boa Vista)

SALA PARTICIPAÇÃO

9h30 – 11h [Conjuntura Política]
Facilitadores: Fernando Holanda (Acredito), Carmem Silva (Sos Corpo), Daniel Leite (Jornalista), Rud Rafael (MTST)

11h15 – 12h45 [Construção de Pensamento Crítico e Atuação Política para Juventude]
Organizações participantes: Politiquê, Visão Mundial e Ação Comunitária Caranguejo Uçá

13h30 – 15h15 [Corrupção] *exibição do documentário Primavera
Facilitadores: Xandeco (Rede), Cristiano Pimentel (TCE), Raquel Lins (Orbe Político) e Roseane Xavier

15h30 – 17h [Ações de empreendedorismo político suprapartidárias]
Organizações participantes: Acredito, Colab.re, Gov Jam e Porto Social

SALA DEMOCRACIA

9h30 – 11h [Ação política nos bairros: transformando os nossos territórios de baixo pra cima]
Facilitadores: Rolê das Quebradas, Somos Todos Muribeca, Associação Por Amor às Graças e Coletivo Força Tururu

11h15 – 12h45 [Feminismo e Política]
Organizações participantes: Ocupe Passarinho, Fórum de Mulheres PE, PartidA, Feministas Antiproibicionistas

13h30 – 15h15 [Incidência Política nas casas legislativas: ocupando todos os espaços]
Facilitadores: Livres, Meu Recife, Parlamento Jovem

JARDIM DA POLÍTICA
11h30 – 13h [Ocupando a cidade: atuações políticas nos espaços públicos pelo direito à cidade]
Organizações participantes: Oxe, Minha Cidade é Massa!, Ameciclo, Coletivo Massapê, INCITI

13h30 – 15h [O papel do jornalismo independente na construção de uma sociedade mais democrática]
Organizações participantes: Centro de Cultura Luiz Freire, PorAqui, Jornalistas Livres, Marco Zero Conteúdo

15h30 – 17h [Universidade enquanto um espaço político]
Organizações participantes: Contestação, Diretoria LGBT, Virtú Consultoria Política



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *