Terça do Vinil: 10 anos sem parar a pista

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
(Foto: Iggor Gomes}

Desde 2007, Juniani Marziani resolveu assumir a persona DJ 440 como seu ofício de fé. Pesquisador inveterado de música, tirou das estantes da sua coleção particular um arsenal de música brasileira – desde as mais conhecidas até coisas mais lado B – e começou a fazer a festa da galera: nascia a Terça do Vinil, que completa 10 anos.

E essa década de agito não passará em vão: nesta terça (14), a data será comemorada no Almirante (antigo Vapor 48), no Bairro de São José, a partir das 21h. E contará com convidados especiais: DJ Calani (RJ) e DJ Montano (RJ), além da apresentação do grupo Forrólindense. Os ingressos (3º lote) custam R$ 30 e estão à venda no Sympla.

A Terça do Vinil itinerou bastante durante sua trajetória: começou em Olinda. Depois, no Recife, passou pela Rua da Moeda, pelo Pátio de Santa Cruz e, agora, acontece na Galeria Joana D’Arc, no Pina. Também já incursionou pelo Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP) e Natal (RN).

Mas, sem perder a sua essência: valorizar a música brasileira de qualidade e a cultura do vinil, que voltou com muita força. “O que me fez estar há 10 anos nessa é esse amor pela música brasileira. De levar um pouco das minhas experiências musicais para as pessoas. Isso é uma missão pra mim. Espero ter saúde pra poder fazer isso por muito mais tempo”, diz 440.

(Foto: Reprodução/Facebook)

Essa trajetória ininterrupta e a qualidade do repertório levou a Terça do Vinil a ser escolhida como melhor festa da cidade na Veja 2014, entrar no calendário cultural da cidade, ser citada em várias companhias aéreas e a participar do projeto londrino Boiler Room, que escolhe DJs de várias partes partes do mundo para apresentações transmitidas ao vivo.

O acervo de 440 tem, ele acha, mais de 3 mil títulos. “Já parei até de contar, é coisa demais”. Disso tudo, o que é tiro certeiro na Terça do Vinil é a música brasileira personificada em nomes como Cartola, Chico Buarque, Novos Baianos, e, particularmente, a música paraense, como o carimbó e as guitarradas. “Mas eu não paro de pesquisar, garimpar. Tem que dar essa oxigenada, até no repertório mesmo, já que é uma festa semanal”.

Forrólindense também vai agitar a festa (Foto: Reprodução/Facebook)

A dobradinha carioca que vai dividir as pick-ups com 440 na festa traz afinidades musicais e a amizade como liga. “Calani foi um cara que abriu as portas pra mim lá no Rio. E, agora, que ele veio morar aqui, fiz o mesmo. É um cara feito eu, pesquisador de música. E Montano, além da amizade, é um cara que manja muito de música, vai ser bom discotecar junto com ele também”.

DJ 440 apresenta: Terça do Vinil 10 anos
Almirante (antigo Vapor 48) | Cais das Cinco Pontas, s/n – São José
Quando: Terça-feira (14), a partir das 21h
Ingressos: R$ 30 (segundo lote, à venda no Sympla e na Loja Avesso)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *