Músicas de Sexta: um breque pro Coquetel Molotov

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
(Foto: Renato Stockler)

Finalmente chegou aquele fim de semana do ano em que as pessoas saem das suas casas de coração aberto, com uma vaga ideia do que vão encontrar do final da tarde até de madrugada – e chegam em casa felizes e realizadas com um arrebatamento musical que nem imaginavam que teriam.

Estamos falando do Coquetel Molotov, festival que chega na sua décima quarta edição num novo espaço, o Caxangá Golf Club, e que consegue, ano após ano, se consolidar como uma janela da nova música, capilarizando tendências e trazendo para o Recife uma experiência genuína de festival no qual, claro, orbitam vários outros elementos como moda e cultura pop, mas que tem na curiosidade musical seu principal trunfo.

Coquetel Molotov divulga programação completa da edição 2017

Em 2017 esse leque de vertentes está ainda mais diverso. Não à toa, escolhemos Lia de Itamaracá pra abrir a lista.

Me convidaram
Pra cantar nessa festinha
No meio dessas mocinhas
Bonitinhas e tão bacanas

Elas dançam rock
Cocotá e discoteque
Agora vão dar um breque
Para vir dançar ciranda

Ainda que a própria Lia – e a ciranda – estejam/estiveram presentes em outros festivais e eventos musicais e essa mistura e valorização da cultura popular seja, essencialmente, uma característica pernambucana, é no Coquetel Molotov que esse breque funciona melhor – seja o breque pra dançar ciranda, para ouvir o noise do DIIV ou acompanhar a revolução trans com Linn da Quebrada, pra logo em seguida rever Lia resignificada por Rincon Sapiência ou as batidas e texturas da NoPorn.

E ainda tem o breque entre Arnaldo ao piano e a guitarra descontrolada de Kiko Dinucci, do transe corporal baiano do ATTOOXXÁ para o lo-fi das espanholas do Hinds.

Se você ainda está na dúvida sobre se vale a pena ir ao festival, a gente recomenda: vá! Entre os estranhamentos e deslumbramentos, são 14 anos de acertos.

Coquetel Molotov no Músicas de Sexta

Esta não é a primeira vez que a gente organiza uma playlist dedicada ao festival. Em 2013, no marco de 10 anos de Molotov, o Músicas de Sexta fez a playlist abaixo com vários dos destaques das edições passadas. Confere também – com o devido acréscimo de coisas massa que rolaram de 2013 pra cá!

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *