Miró lança livro e comemora aniversário ‘falando besteira’ no domingo (6)

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
foto: Raíssa Ebrahim/PorAqui

“Tu só escreve besteira”, essa era a frase que João Flávio Cordeiro Silva mais ouvia de sua mãe. Filho único e sem pai, o poeta Miró da Muribeca tinha na figura da mãe, falecida há cinco anos, aos 87, uma grande âncora. Para homenageá-la e também comemorar seus 57 anos de vida, Miró lança seu mais novo trabalho neste domingo (6), a partir das 16h, no Teatro Mamulengo, na Praça do Arsenal, no Recife Antigo.

O nome do novo livro não podia ser outro: Meu filho só fala besteira. “São coisas que parecem banais, mas não são”, adianta Miró.

O formato é diferente, nada de capa nem encadernação formal. São 16 pensamentos dentro de um envelope. Miró montou 100 exemplares, a R$ 20 cada um. O apoio é do Hotel Central, sua mais nova morada, no bairro da Boa Vista, no Centro da cidade.

Este é um dos poemas que estão em “Meu filho só fala besteira” (imagem: Facebook/Miró da Muribeca)

“Eu adorava essa imagem da minha mãe. Era quando ela também dizia ‘Cuida da única coisa que tu sabe fazer. Eu não gosto, mas tem gente que gosta'”, relembra Miró, em conversa nesta quinta-feira (3), em meio à correria para deixar tudo organizado para o domingo. Seis de agosto é também o dia do lançamento da bomba atômica sobre Hiroshima, em 1945, ele mesmo frisa.

O evento também vai ter muita música, maracatu, poesia e microfone aberto para comemorar a vida e as “besteiras” do poeta marginal. Miró manda outro recado: quer ver os amigos presentes! A entrada é gratuita.

Serviço
Miró lança Meu filho só fala besteira
Domingo, 6 de agosto de 2017
Às 16h
Teatro Mamulengo, na Praça do Arsenal – Recife Antigo
Como chegar:



comment 6 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *