Humor feminino no palco: Festival PalhaçAria começa nesta quarta (13)

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
Foto: João Caldas

Já se foi a época em que as mulheres tinham que encarnar homens para fazer palhaçadas no palco. Em tempos de empoderamento feminino, o humor também passa por transformações que são muito bem vindas e vêm para ficar.

De olhos bem abertos e riso frouxo para o humor feminino, em todas as suas nuances, particularidades e riquezas, começa, nesta quarta (13), a terceira edição do PalhaçAria – Festival Internacional de Palhaças do Recife, que seguirá até o próximo domingo (17).

Atrações de fama nacional e internacional apresentarão seus espetáculos no Bairro do Recife, em três locais: Teatro Hermilo Borba Filho, Teatro Apolo e na Praça do Arsenal. Os ingressos para os espetáculos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Giullia Cooper irá apresentar o espetáculo “Chá Comigo” (Foto: Divulgação)

Palhaças vindas de várias partes do Brasil irão participar: São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Tocantins, Alagoas, Distrito Federal. Palhaças da Argentina também darão o ar da graça na programação.

“As mulheres trazem uma dramaturgia própria, com a inclusão de outros temas e a renovação do repertório de piadas, com um olhar crítico sobre o mundo numa perspectiva nossa”, afirma Enne Marx, que divide a curadoria do festival com Nara Menezes.

Espetáculo “Semi Breve”, com Las Cabaças (SP), está na programação (Foto: Divulgação)

Em Pernambuco, a atuação das clowns também tem ganhado destaque. “É um mercado em franca expansão. As duas edições do festival PalhaçAria têm contribuído para isso”, diz Nara. “A gente se inspirou em outros festivais que têm essas características. A ideia é ampliar a atuação da comicidade feminina”, completa.

O PalhaçAria – que, nesta edição, homenageia Tereza Ricou, a primeira palhaça de Portugal – é realizado pela Cia. Animée (da banda clownesca As Levianas) e conta com o incentivo do Funcultura (Governo de Pernambuco) e parcerias da Secretaria de Secretaria de Cultura do Recife, Centro de Formação e Pesquisa das Artes Cênicas Apolo/Hermilo e SESC Pernambuco.

Programação (espetáculos)

Confira as sinopses, fichas técnicas e classificação dos espetáculos.

13/9 (Quarta-feira)

19h30 | Abertura com o espetáculo Cortejo Cênico Sampalhaças, com o Coletivo Sampalhaças (SP) – Teatro Hermilo Borba Filho (início na Rua do Apolo).
21h | Espetáculo Fuera!, com Letícia Vetrano (ARG) – Teatro Apolo

14/9 (Quinta-feira)

19h30 | O Jardim do Imperador, com a Cia Pelo Cano (SP) – Teatro Apolo
21h | Cabaré Varieté 1 (PE e outros Estados) – Teatro Hermilo Borba Filho

15/9 (Sexta-feira)

19h30 | Divagar e Sempre, com Las Cabaças (SP) – Teatro Apolo
21h | Metro Y Medio, com Maku Fanchulini (ARG) – Teatro Hermilo Borba Filho

16/9 (Sábado)

16h30 | Dia de Caça, com Las Cabaças (SP) – Teatro Apolo
20h | Espetáculo Valdorf, com Casa de Madeira (RS) – Teatro Apolo

17/9 (Domingo)

16h30 | Semibreve, com Las Cabaças (SP) – Teatro Hermilo Borba Filho
17h | Chá Comigo, com Giullia Cooper (SP) – Praça do Arsenal
20h | Encerramento com o Cabaré Varieté 2 (PE e outros Estados), com participação especial da Banda de Palhaças As Levianas, em Pílulas das Levianas – Teatro Apolo

SERVIÇO
PalhaçAria – Festival Internacional de Palhaças do Recife
Quarta (13) a domingo (17)
R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia)

Teatro Hermilo Borba Filho | Av. Cais do Apolo, s/n – Bairro do Recife
Teatro Apolo | Rua do Apolo, 121 – Bairro do Recife
Praça do Arsenal da Marinha – Bairro do Recife

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *