Igrejinha barroca na orla de Rio Doce tem mais de 200 anos

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
foto: Rui Gonçalves

Você cresceu achando que o Sítio Histórico de Olinda é o único lugar com igrejas seculares da cidade? Engano! Uma pequena capela na orla de Rio Doce, dedicada a Santa Ana, a avó de Jesus, tem mais de 200 anos. O templo foi fundado em 1782 pelo casal Elias Francisco Bastos e Maria do Ó para mais ou menos 100 pessoas.

Construída no estilo barroco, a igrejinha – ou “prainha”, como é conhecida por seus frequentadores – chama a atenção de quem passa pela orla do bairro por ter uma construção do século XVI, que difere de toda a vizinhança, e uma estátua de mais ou menos 1,5 m da santa com Maria no colo.

foto: Rui Gonçalves

Atualmente a igrejinha recebe batizados, casamentos e primeira eucaristia. O templo é administrado pelos franciscanos da Arquidiocese de Olinda e do Recife.

Ao lado da igreja existe uma casa, também de estilo colonial, construída no mesmo período. A capela fica na parte de trás do Banco do Brasil de Rio Doce.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *