Grito da República: a nova cara do futebol de várzea em Olinda

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
foto: Arquimedes Santos

Durante a semana com as crianças ou nos fins de semana com os adultos, quem passa pelos campos de várzea em Olinda sempre se depara com uma boa pelada. Na cidade, essa paixão pelo esporte ganhou, no fim do ano passado, um novo estímulo. Depois de 9 anos de espera, finalmente a cidade ganhou o seu primeiro estádio: o Grito da República, em Rio Doce.

Com inúmeras polêmicas envolvendo sua construção – e claro, sua conclusão -, o estádio, que tem capacidade para 15 mil pessoas, vem transformando os fins de semana dos amantes de esportes. Neste primeiro ano de funcionamento, o Grito da República recebeu diversas partidas do Campeonato Pernambucano de Futebol Americano, principal competição da modalidade.

E o resultado não poderia ser outro: o Grito já é considerado a casa do futebol americano por aqui.

“Eu não conhecia o futebol americano. Só aquilo que a gente vê nos filmes e nem achei que aqui seria possível jogar por causa do calor. Depois do estádio, fui ver um jogo por curiosidade, hoje sou torcedor de carteirinha”, explica o porteiro José Barbosa.

Além de jogos de futebol americano, o estádio recebe treinos dos times maiores e jogos das equipes sub-20.

(foto: Bárbara Oliveira)

Arredores

Mas muito além das competições dentro do Grito da República, ele mudou os arredores. Tudo isso graças à sua área externa, que se transformou numa grande praça, que recebe parques de diversões, shows, atividades religiosas, skate e mutirões sociais.

“Quem passava por aqui tinha medo do escuro. Era um perigo grande. Depois do ginásio, sempre tem alguma atividade. Temos mais segurança e opção de lazer”, comenta Marina Lima. Neste sábado (23), tem futebol americano.

(foto: Arquimedes Santos)

Grito da República
Av. Cel. Frederico Lundgren, 1180, Rio Doce – Olinda/PE
Pra jogar lá, é precisa entrar em contato com a prefeitura de Olinda: esportes@olinda.pe.gov.br ou (081) 3439-7241 e (081) 3305-1022

Como chegar:



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *