Moradores denunciam falta de respeito aos pedestres nas Graças

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email

Ser pedestre nas Graças não é fácil. Carro estacionado, cocô de cachorro e lixo  atrapalham a vida de quem anda a pé por aqui. “Dispondo dessa infraestrutura mínima, tudo fica pior por causa dos próprios moradores e dos comerciantes”, diz Poly Camarotti, que é psicóloga e, além de morar no bairro, também trabalha aqui.

Segundo ela, uma padaria próxima à Travessa do Jacinto, nos Quatro Cantos, usa a ruela, que é bem estreita, para descarregar insumos. “Tem dia que a bicicleta não passa”, conta. “A padaria tem um estacionamento de carga e descarga, mas não usam.”

Beto Azoubel, marido de Poly Camarotti, é gestor público. O casal mora na Rua Joaquim Nabuco. Segundo ele, alguns clientes de lojas das redondezas estacionam o carro na entrada do prédio, no estacionamento para visitantes. “Estacionam de um jeito que atrapalham o pedestre e a entrada de carro”, reclama Poly Camarotti.

O casal, que faz parte da Associação por Amor às Graças, coleta casos de desrespeito. Veja a galeria de fotos com alguns registros.

Na foto em destaque, clientes de uma padaria localizada na Rua das Pernambucanas estacionam os veículos impedindo o tráfego de pedestres.

Carros estacionam na frente da entrada do prédio, dificultando a entrada de moradores. Foto: Paula Melo/PorAqui.
Clientes de lavadores de carros estacionam no meio da vida para pedestres.  Foto: Poly Camarotti.

Quer fazer uma denúncia ou tem algum registro em fotografia de situações similares? Envia para o PorAqui: colabore@poraqui.news.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *