Você sabia que a história do Clube das Pás vem desde 1888?

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
Foto: Alexandre Gondin/JCImagem

Faz tempo. O ano era o de 1888, mas o Carnaval já existia. E isso bastou para que um navio ancorado no Porto do Recife ficasse desabastecido de carvão para seguir viagem. Afinal, quem iria estar de plantão no porto durante os festejos de Momo? Ninguém. Mas como o navio precisava zarpar, um comerciante conhecido como Antônio Português reuniu um grupo de homens prometendo uma remuneração acima da média para quem o ajudasse nessa empreitada.

Ao final do trabalho, aquele grupo de homens cheios de dinheiro no bolso em pleno reinado de Momo seguiram para a Boa Vista para comemorar o sucesso e com suas pás nas mãos criaram o Clube Carnavalesco Misto das Pás. Quem conta essa história é a sócia benemérita da agremiação, Turmalina Teles, em um dos muitos documentários produzidos para o clube. Assista abaixo o vídeo produzido pela TV Pernambuco e reproduzido no site da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

LEIA TAMBÉM

Melodia da Budega: a festa que mudou o Torreão

Escola de Frevo do Recife é reduto da nossa dança mais carnavalesca

Segundo a pesquisadora da Fundação Joaquim Nabuco, Semira Adler, entre os fundadores do bloco que hoje é presidido por Rinaldo Alves de Lima, estavam: Francisco Ricardo Borges, Manoel Ricardo Borges, João da Cruz Ferreira e João dos Santos. A agremiação possui o estandarte mais antigo, que data do começo do século XX. O primeiro deles foi confeccionado em veludo, acolchoado de algodão, forrado com cetim e bordado com fios de ouro. O desenho do estandarte ficou a cargo de Manoel de Matos, sendo que as Monjas Beneditinas do Convento do Monte de Olinda o confeccionaram.

O clube passou um tempo negligenciando o carnaval, mas, nos últimos três anos vem vencendo as divisões de acesso, culminando no título de campeão do Carnaval do Recife 2017, na categoria Clubes de Frevo. Com o tema “A Festa do Boi Voador de Maurício de Nassau” em alusão aos 380 anos da chegada de Maurício de Nassau em terras pernambucanas.

Clube das Pás comemorou 129 anos durante o Carnaval de 2017 (Foto: Alexandre Gondin/JCImagem)

Muito além do carnaval, o Clube das Pás representa o mais tradicional espaço de gafieira do Estado de Pernambuco. Funcionando de sexta a segunda, além de frevos de carnaval, sua orquestra toca rumbas, salsas, merengues, forrós, tangos, boleros e sambas. O clube possui ainda uma sede campestre, em Paulista, da qual os sócios podem desfrutar.

São muitas histórias as que se contam no salão das Pás. E algumas delas você vai conhecer no PorAqui. Você sabe quem foi Odorico Mendes, que dá nome à rua do Clube das Pás? Descubra aqui.

Clube das Pás
Rua Odorico Mendes, 263, em Campo Grande
Fone: (81) 3242-7522



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *