Banho do Bem é aprendizado para todos os lados

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
Foto: Natália Maniçoba/Colégio Saber Viver

Uma experiência que ajuda os moradores de rua do entorno do Mercado da Encruzilhada, mas que é um grande aprendizado principalmente para os voluntários do Colégio Saber Viver, do Espinheiro, e da ONG Novo Jeito. Assim me pareceu o que vi durante o Banho do Bem, realizado na última quinta-feira (31), na Zona Norte do Recife. Em agosto, a noite contou ainda com a animação de um grupo de músicos da Igreja Episcopal Carismática.

Em que outra oportunidade uma criança como João Enrico, do 2º Ano da escola, teria oportunidade de conversar, brincar e até oferecer um pão ou o jantar para crianças que no bairro vizinho ao Saber Viver têm uma realidade tão diferente da dele? E ainda sair sorrindo e dizendo: “eu adorei”.

LEIA TAMBÉM

Assista aqui o vídeo de uma das edições do Banho do Bem

A mãe dele, Keila Suzana Nova Bragança, conta que esteve sozinha em outra edição do Banho do Bem, que ocorre toda última quinta do mês. “Achei bom trazer para ele conhecer um outro lado da vida. Eu digo sempre a ele ‘as coisas não são fáceis’, quando passo na rua e vejo pessoas como aqui sem casa para morar “, relata.

Foto: Eduardo Amorim/PorAqui

Em cada edição, cerca de 25 pessoas são atendidas. Rochele Paulo de Souza tem três filhos, dois deles estavam participando do Banho do Bem. Ela conta que sobrevive como flanelinha (guardadora de carro) e carregando frete para pessoas que fazem compras na área do Largo da Encruzilhada.

“Consegui roupa, comida para não sair de barriga vazia, então, graças a Deus, já estão de barriga cheia e daqui eu vou para casa. Escovei meus dentes, o da minha filha e assim vai a vida”, resumiu ela, com um pequeno kit de limpeza nas mãos, que foi entregue pelo pessoal do Banho do Bem.

Foto: Natália Maniçoba/Colégio Saber Viver

Integrante do Novo Jeito, Sergio Galvão conta que dessa vez foram atendidas mais de 30 pessoas. O caminhão onde as pessoas tomam banho tem capacidade de armazenar água para até 50 banhos, mas eles costumam garantir sempre que não falte água para ninguém.

Uma das pessoas que participaram em agosto leu no PorAqui e ligou para o Colégio Saber Viver para se voluntariar. Se você quer participar, pode ligar para a secretaria da escola ou participar do curso para voluntários  que está sendo oferecido pelo Novo Jeito.



comment 1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *