Quiosques da orla devem ganhar faixa preta em protesto contra arrombamentos

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
Foto: Geraldo Lélis/PorAqui

Os comerciantes proprietários de quiosques na Orla de Boa Viagem, Zona Sul do Recife, estudam uma forma de protestar contra os arrombamentos ocorridos nas últimas semanas. Uma das possibilidades é colocar uma faixa preta em cada barraca já na manhã desta terça (14).

Reforma dos quiosques da orla será analisada por secretário

De acordo com Zezinho do Côco, diretor da Associação dos Barraqueiros de Côco do Recife (ABCR), pelo menos sete quiosques foram alvo de vandalismo nos últimos fins de semana. “Na madrugada desse domingo (12), arrombaram o meu, que é o 22, e o 32. O 33 teve o vidro quebrado”, conta. “Ainda tentaram entrar no 20 e no 29”, acrescenta.

Praticantes de esportes reclamam de violência e pouca iluminação na orla de Boa Viagem

“Na semana passada, arrombaram o 21 e mexeram no 20”, completa. Ainda segundo Zezinho, uma reunião com o comando do 19º Batalhão de Polícia Militar está marcada para a manhã desta quinta-feira (16). No encontro, a autoridade policial vai ouvir as necessidades dos comerciantes e deverá traçar uma nova estratégia de policiamento para o Calçadão.

E no meio do caminho, tinha um aviso de área de assalto…

“A gente já tem que fechar à noite, porque não tem ninguém pra atender, com medo de assalto. Já não tem mais turista. A situação está muito difícil para a gente”, enumera. De acordo com os cálculos de Zezinho, o prejuízo, só no quiosque dele, foi maior que R$ 6 mil.

Festa

Os barraqueiros associam os atos de vandalismo a uma festa que tem ocorrido nas proximidades do Segundo Jardim. “Eles saem de lá na madrugada e vêm atacar os quiosques”, se queixa Zezinho do Côco. “Eu fui acordado pela Polícia, que me ligou para avisar do ocorrido”, conta. “Os policiais me disseram que eram mais de 15 pessoas. Eles ainda conseguiram prender dois adultos e dois menores de idade”, completa.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *