Conjunto habitacional no Pina é motivo de cobrança de vereador

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
Foto: divulgação

Ainda sem avanço, a construção de um conjunto habitacional no terreno do antigo Aeroclube, no Pina, Zona Sul do Recife, foi motivo de cobrança feita pelo vereador Ricardo Cruz, na última quarta-feira (6), na tribuna da Câmara. Em seu discurso, o parlamentar frisou que a obra foi promessa do prefeito Geraldo Julio na campanha eleitoral de 2012, antes de seu primeiro mandato.

Construtora continua sem projeto para o Edf. Caiçara após um ano da demolição

Outro ponto citado foi o grande número de residências sobre palafitas existentes no bairro. “Meu bairro é um bairro carente onde ainda existem muitas famílias vivendo em barracos. Em 2012, o prefeito fez essa promessa de campanha, e as pessoas da localidade estão ansiosas pela construção de um habitacional. Essa semana passei lá e a placa dizendo que o habitacional vai ser construído está lá”, reclamou o vereador, que é morador do Pina.

O debate em torno do terreno foi iniciado após o lançamento de uma campanha encabeçada pelo vereador Wanderson Florêncio, que idealiza um parque verde na área. Como resposta, movimentos de luta por moradia iniciaram a cobrança. O espaço possui 20 hectares e já teve um canteiro de obras instalado em 2016, mas nenhum trabalho foi iniciado.

Segundo a URB, o projeto inicial era de 108 unidades, mas pode aumentar para 400 ou 600, a depender do estudo. Com a análise, outra coisa que será averiguada é como será custeada a construção – se a Prefeitura bancaria a obra, se incluiria no programa Minha Casa, Minha Vida, ou ainda se conseguiria algum tipo de investimento.

De acordo com a Autarquia de Urbanização do Recife (URB), o projeto é alvo de estudos junto ao Instituto da Cidade Pelópidas Silveira (ICPS). O projeto inicial era de 108 unidades, mas pode aumentar para 400 ou 600, a depender da análise, que também vai averiguada como será custeada a construção – se a Prefeitura bancará a obra, se incluirá no programa Minha Casa, Minha Vida ou ainda se conseguirá algum tipo de investimento.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *