Associação apresenta projeto para requalificar quiosques da orla

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email

Integrantes da Associação dos Barraqueiros de Côco do Recife (ABCR) apresentam, na noite desta terça-feira (11), no Hotel Jangadeiro, em Boa Viagem, Zona Sul do Recife, um projeto de requalificação da orla, que vai contemplar principalmente a reforma dos quiosques do calçadão.

LEIA TAMBÉM:

Barraqueiros e PCR vão discutir ajustes na padronização da orla

10 coisas que só quem frequentou a praia de BV nos anos 90 vai se lembrar

Prefeitura inicia recuperação de iluminação na orla de Boa Viagem

O objetivo do encontro é chamar a atenção do poder público para a situação das barracas. “Nós não temos nada a oferecer para os turistas. O que temos são quiosques sem lona e com outros danos”, afirma o diretor Zezinho do Côco.

“A gente sabe que a Prefeitura não tem nenhum projeto para os quiosques agora, por isso que eu, junto com alguns amigos, idealizamos esse projeto para oferecer à sociedade”, acrescenta.

Foram convidados representantes de secretarias municipais, como Mobilidade e Controle Urbano, Turismo e Lazer e Empreendedorismo, além do Sebrae e da Secretaria Estadual de Turismo.

Zezinho do Côco não quis adiantar o que o projeto contempla, apenas que o objetivo é incrementar os atrativos da orla. “Ontem mesmo eu recebi um casal que veio do Maranhão. Eles disseram que a orla é linda, mas não tem nada para oferecer”, reclama.

Não é de hoje que frequentadores e comerciantes da orla de Boa Viagem reclamam de problemas, dentre eles assaltos, que são recorrentes na área. Nos últimos meses, a Prefeitura do Recife implantou um projeto de requalificação das barracas que funcionam na areia, com entrega de novos kits contendo carroça, cadeiras e guarda-sóis.

comment 1 comentário

  1. Até que enfim, alguém começou a falar em mudar essas barracas e transformar em quiosques com estrutura para receber bem turistas e cidadãos locais. O comentário dos maranhenses foi perfeito, a orla é linda, mas não tem nada de interessante a oferecer além da praia, dessas barraquinhas. É muito pouco, basta ver as opções em outras praias como Fortaleza, Maceió, João Pessoa, Copacabana, etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *