Projeto semeia consciência ambiental em Aldeia

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
Acervo do Projeto Semear

Quando a professora avisa, em sala de aula, que naquele dia vai haver atividade na horta da escola, a vibração dos alunos é geral, como se tivesse sido anunciado que eles iriam para um parque de diversões. Na escola municipal 19 de Abril, na comunidade do Oitenta, em Aldeia (km 6), os alunos semeiam a horta, colhem as verduras e ervas medicinais e com elas preparam alimentos limpos e saudáveis que eles próprios depois vão comer.

Tudo começou sete anos atrás, quando a educadora ambiental Isabel Esteves teve a ideia de criar um projeto com o objetivo de informar aos pais da importância de uma alimentação menos industrializada para a vida das crianças. Tanto é que o Semear, projeto que ela hoje coordena em várias escolas de Aldeia, de Olinda e de Jaboatão dos Guararapes, tem como foco ensinar a pais e alunos o valor de uma merenda baseada em frutas e verduras em detrimento de salgadinhos e refrigerantes.

Semeando
Alunos semeando a horta que depois servirá para o preparo da merenda

“Nossa primeira preocupação é de mostrar que a merenda e os alimentos saudáveis devem ser valorizados. A partir do momento que eles se envolvem no plantio e na colheita e depois aprendem as receitas, tudo fica mais fácil”, explica Isabel.

Se a colheita é boa, geralmente a escola realiza a Festa da Colheita, quando os alunos ajudam a fazer bolos de milho, macaxeira, cenoura e banana que eles mesmos plantaram, além de sucos e outras receitas. Com a doação de sementes feita por agricultores da comunidade e lojas da região, o projeto recebe a ajuda de voluntários e complementa a merenda durante todo o ano.

Os responsáveis pelo projeto
Os responsáveis pelo projeto na 19 de Abril: Vandisa, Isabel, Érika e Luciano

“No momento temos plantados macaxeira, cenoura, tomate, milho, manjericão, cebolinho e salsa, sem falar nas ervas medicinais”, enumera Luciano José da Silva, 35, ex-aluno e voluntário do projeto. Uma vez por semana ele vai às escolas que participam do Semear para ver como estão as hortas e, sempre que pode, nos fins de semana, reúne uns colegas e, em mutirão, transforma pneus e garrafas pet em canteiros para enfeitar as ruas da comunidade.

Além da horta as crianças também constroem canteiros com pneus
Além da horta, as crianças também aprendem a construir canteiros com pneus

Na rotina da escola, os alunos é que tomam conta da horta. “As crianças às vezes brigam para aguar a plantação. Como são acostumadas desde pequenininhas na horta, têm muito apreço pelo projeto Semear”, testemunha a gestora da escola, Vandisa Quadros. Os estudantes têm entre 3 e 12 anos, e mesmo os da creche participam das vivências na terra.

Conhecimentos transversais

Érika Sathiko Takata, 22, é uma das mais novas voluntárias do Projeto Semear. Formada em Biologia, ela participa de eventos com os alunos – como visitas a nascentes de rios e palestras sobre meio ambiente -, e contribui ainda repassando seus conhecimentos sobre preservação ambiental e a importância de se cuidar da natureza.

De acordo com Isabel Esteves, o trabalho na horta leva também conhecimentos transversais aos alunos. Enquanto plantam, por exemplo, eles aprendem matemática, pois precisam calcular a distância entre uma semente e outra e a evolução de cada colheita. Depois, quando vão preparar os alimentos, aproveitam a leitura das receitas para exercitar o português.

Cem por cento mantido por voluntariado e doações de empresários de Aldeia, o Projeto Semear também organiza momentos de lazer para as crianças da rede pública. Desde 2009 realiza, por exemplo, o “Dia da Alegria”, no Dia das Crianças, em outubro. Este ano o objetivo é oferecer recreação a 2.100 alunos das escolas municipais, com piscina de bolas, cama elástica, esculturas de bexigas e lanches.

Quem tiver interesse em conhecer melhor ou colaborar com o projeto deve ligar para Isabel Esteves – (81) 9 8543 0900 – ou escrever um e-mail para isabel.semear@yahoo.com.br.



comment 4 comentários

  1. A Escola 19 de Abril está sempre de Parabéns por continuar com esse Projeto que inova cada dia a Educação por envolver as práticas escolares que fazem parte da vivência dos alunos em seu ambiente escolar.Parabéns a Gestora Vandisa Quadros e Isabel Esteves que fazem a diferença.
  2. Conheço o trabalho da Escola 19 de Abril. O compromisso com as crianças é tratafo de forma séria e respeitosa. Parabens a gestora Vandisa, a coordenadora do Projeto Semear Izabel e a todos que de alguma forma colabora para a educaçao dessas crianças.
  3. Iniciei este projeto com Isabel Esteves na Escola Municipal Brites de Albuquerque, Olinda, em 2008, quando participamos e ganhamos o Prêmio Nutrir da Nestlé. Hoje Isabel e eu retomamos a parceria em outra escola de Olinda que está localizada na área rural, ou seja, a única escola na área rural de Olinda. Iniciamos o ano com o plantio do milho, onde as crianças participaram desde a preparação para o plantio, passando pelos cuidados, colheita e a preparação da canjica, do bolo e milho cozinhado. Foi muita alegria e satisfação, proporcionar este momento de interação com a terra. Este sábado estaremos retomando a horta. Iremos requalificar e ampliar o espaço, mas sempre trabalhando a multidisciplinaridade. Contamos com o corpo docente e funcionári@s da escola, parceria com o Projeto Semear, valorosos voluntári@s da comunidade, grupos de pais/mães e agora estamos conquistando o reconhecimento da secretaria de educação e do prefeito que acreditamos irá investir na nossa proposta. Isabel Esteves, Deus te abençoe e que nossa luta esteja cada vez mais fortalecida. Obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *