Projeto reúne comunidade para salvar nascentes em Aldeia

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
Foto: Divulgação/Projeto Semear

As nascentes dos rios estão secando por conta do desmatamento, cada vez maior, em Aldeia. Preocupados com isso, os coordenadores do Projeto Semear realizam neste sábado (16) uma ação de educação ambiental no olho d’água do rio do Jacaré, que fica na Vila dos Crentes (comunidade do Oitenta, km 6). Quem frequentou o local – onde está o Bar do Zé Carlos – alguns anos atrás é testemunha de que o rio, antes caudaloso e aprazível para banho, hoje não passa de um veio d’água.

Projeto semeia consciência ambiental em Aldeia

“Vamos levar a comunidade, inclusive vinte crianças de escolas públicas, para uma ação de recuperação da nascente”, conta Isabel Esteves, coordenadora do Semear. “Teremos uma palestra da bióloga Érica Takata sobre a importância de preservar a mata ciliar, faremos um mutirão para recolher o lixo da mata e plantaremos quinze mudas de pau-brasil”, diz.

Em agosto alunos da Escola Padre Miguel visitaram o olho d'água
Em agosto alunos da Escola Padre Miguel visitaram o olho d’água

O evento terá início às 8h com um café da manhã para convidados na Escola 19 de Abril, também no Oitenta, e em seguida o grupo irá até o Bar do Zé Carlos, onde haverá a segunda parte da ação. A empresa Ultra Mega Distribuidora, em parceria com o Projeto Semear, cederá caminhão-caçamba e trator para ajudar no recolhimento do lixo e na abertura de uma trilha que servirá de espaço eco-pedagógico.

“Nosso meio ambiente está muito degradado, precisamos cuidar o quanto antes para não perdermos tudo. Vamos começar no rio do Jacaré, mas nossa intenção é de levar este tipo de ação para outras nascentes de rios em Aldeia”, conta a coordenadora.



comment 2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *