DER anuncia novas intervenções na Estrada de Aldeia

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
Foto: Tatiana Portela

O Departamento de Estradas de Rodagem de Pernambuco (DER) anunciou nesta quinta (10) que está realizando ações da operação tapa-buracos na PE-27 desde o entroncamento com a PE-05 até Chã de Cruz. Segundo o órgão estadual, serão restaurados os pontos mais críticos destes 19,5 quilômetros. Mas os serviços serão realizados aos poucos.

“Não há uma programação corrida, estamos incluindo os serviços na PE-27 dentro do cronograma geral do Estado, que inclui diversas vias em estado precário. Então, para atender toda a rede, temos que intercalar as áreas atendidas”, explica o gestor do 1º Distrito, Nilson Francisco da Silva, responsável pela área de Aldeia.

Segundo o gestor, a Estrada de Aldeia foi construída há algumas décadas, com uma tecnologia antiga e sem drenagem. Por conta disso, todos os serviços de rotina que vêm sendo feitos pelo DER são apenas paliativos. “Seria necessário um serviço de rejuvenescimento da estrada”, diz ele, “em que todo o piso recebesse um recapeamento. Por enquanto temos que tapar os buracos mais críticos como uma forma emergencial para evitar acidentes”.

Nilson Francisco informou ao PorAqui Aldeia que em relação ao trecho da ladeira que sofreu uma rachadura (cerca de dois meses atrás), o DER está esperando o período de chuvas passar para construir no local um muro de arrimo de gabião (que utiliza pedras escalonadas, manta e tela) de três metros de altura por 40 metros de comprimento.

“Isolamos o local e garantimos que não existe risco de deslizamento ali. Assim que as chuvas derem uma trégua entraremos com a construção do muro em regime de emergência”, afirmou.

Em nota distribuída à imprensa, o DER anunciou que “inicialmente, os serviços serão focados nos pontos críticos. Em seguida, serão iniciados os demais trabalhos de conservação, como o roço, a capinação e a limpeza de dispositivos de drenagem e dos acostamentos. A PE-027 recebe diariamente um fluxo de 13 mil veículos, no trecho de Camaragibe”.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *