Camaragibe abraça projeto de estrada-parque em Aldeia

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email

A prefeitura de Camaragibe deu um passo importante para a concretização da estrada-parque de Aldeia, projeto da sociedade civil que prevê a transformação da PE-27 numa rodovia humanizada, com vias para pedestres e ciclistas, além de canteiro e acostamento.

O prefeito Demóstenes Meira esteve pessoalmente na sede do Departamento de Estradas de Rodagem de Pernambuco (DER) protocolando um pedido de convênio para a construção da Estrada-Parque no trecho do km 2 ao km 14 da PE-27.

Estrada Parque: antigo sonho dos aldeienses começa a se tornar realidade

“Temos muito o que comemorar com esse convênio, que deverá ser assinado nos próximos dias”, revela Daniel Meira, secretário de Segurança e Mobilidade Urbana de Camaragibe, escolhido pelo prefeito para ser o gestor do projeto. “Em primeiro lugar por ser um projeto que legitima um desejo da comunidade, já que o projeto é de iniciativa do Fórum Socioambiental de Aldeia, e também por evidenciar uma parceria público-privada. Com esse convênio garantiremos verba estadual e federal para a construção da estrada”.

Segundo Daniel Meira, o projeto é audacioso e vai beneficiar a todos. Ao longo da estrada muitos imóveis terão que recuar seus muros para respeitar a faixa de 15 metros (de cada lado) de domínio público a partir do centro da pista. O secretário garante que haverá muito diálogo e as pessoas vão compreender que a estrada-parque vai valorizar ainda mais os imóveis e, por isso, não vão se opor a ela.

“Já conversamos com muitos moradores e recebemos empresários elogiando o projeto e querendo fazer parte dele”, diz Daniel Meira, antecipando que o projeto será iniciado pelas áreas que têm atualmente a faixa de domínio público livre de ocupações, como é o caso da extensão de um quilômetro entre o homecenter do km 10 (onde foi construído o projeto-piloto) e o Espaço do Saber (ou parque municipal).

Estrada de Aldeia hoje
Hoje, quase toda a Estrada de Aldeia está sem passagem para pedestres e ciclistas

Sociedade civil

A notícia foi recebida com muita empolgação pelos integrantes do Fórum Socioambiental, idealizador do projeto. “Nosso papel no empoderamento da comunidade é fortalecido com essa iniciativa da prefeitura. Mostra que, quando organizada e bem articulada, a sociedade civil pode, sim, sensibilizar o poder público e conquistar as mudanças que deseja”, festeja Herbert Tejo, presidente da instituição.

Projeto-piloto
O trecho-piloto, no km 10, já mostra como ficará a nova estrada

No início de agosto os empresários César e Bruno Dantas iniciaram um projeto-piloto da estrada-parque no trecho de 40 metros em frente ao homecenter que estão construindo no km 10 da PE-27. Quem passa por ali já pode ver as faixas de pedestres e ciclistas, além dos canteiros, já plantados, que dão uma ideia de como pode ser toda a extensão da Estrada de Aldeia, no futuro.



comment 11 comentários

  1. Um argumento forte a favor da Estrada Parque é que já se prevê uma mudança abrupta nos meios de transporte nos próximos anos. Carros elétricos autônomos (sem motorista, com baterias de ions de lítio baratíssimas) serão acionados por aplicativos como o Uber. Será uma revolução tecnológica rápida, como foi com smartphones, que começaram em 2007. Ou seja, esse número absurdo de carros com motor a explosão que, aliás, ficam parados 94% do tempo, serão susbstituĩdos por carros elétricos sem motorista alugados por hora por uma ninharia.
  2. Excelente iniciativa que emerge da Boa parceria entre a sociedade civil organizada e os gestores públicos. Quem sai ganhando é a municipalidade. Parabéns.
  3. O projeto é fantástico, torço para que ele se torne realidade! Bom para nossa Aldeia, não só para os moradores como para os visitantes! Sem falar no problema da segurança para pedestres e ciclistas. Eu só não entendi como é que fica o acostamento. Nessa amostra, ele é inexistente.
  4. Parabéns Tatiana . Informação justificada e que possibilita com clareza o acompanhamento de ações dessa natureza envolvendo comunidade e gestores.
  5. A Estrada Parque, significa um resgate da salutar convivência entre a natureza e os seres humanos, sem deixar que o progresso danifique o meio ambiente, em especial o nosso verde.
  6. GENILDO SILVA CARVALHO (gscarvalho62@outlook.com) O atual Prefeito de Camaragibe, ao contrário do seu antecessor, já demonstra ser trabalhador, operante, esforçado. Moro na Rua Cassiano Ricardo Leite, que guarda as marcas da deplorável administração anterior: postes com as luminárias apagadas, intransitável, repleta de buracos !
  7. A Estrada Parque deverá enterrar definitivamente o projeto de duplicação da PE 27, defendido por setores do governo.. que priorizam o carro e não as pessoas.
  8. Pessoal, de acordo com o projeto da estrada-parque, não há como ter acostamento ao longo de toda a PE, mas está previsto em alguns pontos. A ideia é dar prioridade a pedestres e ciclistas, e não somente aos carros. Há sim, em alguns trechos. Vamos fazer matéria mais completa com o traçado do projeto inteiro. Aguardem!
  9. O acostamento sera feito em recuos de tantos em tantos metros.Nao me lembro agora da metragem,mas é fácil verificar no projeto.Tatiana promete informar em breve! Carlam B.Salles.
  10. Este projeto e maravilhoso! Beneficiará a todos. Moradores e visitantes. Demorou muito. Bem, o projeto está pronto, vamos pra frente, vamos ter fe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *