Aldeia ganha salão de beleza ecologicamente correto

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email

Você é daquelas pessoas que adora se cuidar, mas tem sempre uma preocupação com a qualidade do produto que utiliza? Se você é um “consumidor responsável”, vai gostar de conhecer um novo conceito em salão de beleza que acaba de ser inaugurado em Aldeia.

Pra começo de conversa, o Linda Flor Studio de Beleza Natural, na Galeria Palatino Open Mall (km 5), é de propriedade de uma bióloga e um farmacêutico. Juntos, marido e mulher procuraram a dedo fornecedores e produtos ambientalmente responsáveis, ou seja, que utilizam o mínimo de química, sem testes em animais, e embalagens 100% recicláveis. Durante seis meses pesquisaram, conversaram com pessoas da área e participaram de eventos. Tudo para montar uma empresa que tivesse “a cara de Aldeia” e a beleza fosse tratada “da forma mais natural possível”.

“Sempre me incomodou muito essa padronização da beleza, em que todo mundo tem que ter o cabelo liso e louro. Fica todo mundo igual! E na verdade existem belezas diversas que devem ser exploradas”, explica a empresária Emmanuela Azevedo (foto).

“É isso que queremos mostrar e também chamar atenção para o fato de que a maioria dos cosméticos possui substâncias químicas muito nocivas à saúde. Antes da beleza vem a saúde e por isso temos que estar atentos ao que usamos”.

Dona Vela Patchwork: um produto fofo para cada ocasião

Manu – como é mais conhecida –, e o marido Clayton Azevedo, moram em Aldeia há três anos. Para montar o negócio, pesquisaram fornecedores nacionais e internacionais, mas no mobiliário deram preferência aos produtores locais: Adorarte, Naturaleza e outros artesanatos de Aldeia mesmo.

Já durante a pesquisa que realizaram para escolher as marcas com que iriam trabalhar, descobriram uma linha italiana de produtos que tem matéria-prima de base natural e se preocupa em adquirir seus componentes de agricultores familiares. Entre outros ingredientes, a Davines utiliza tomate e flor de alcachofra em suas composições. Um diferencial da marca é que ela possui Indicação de Origem, que é uma espécie de certificação que identifica o nome e endereço do produtor e confere valor às empresas socialmente responsáveis.

Além de hidratação, reconstrução do fio, desintoxicação do couro cabeludo, entre outros tratamentos, o salão realiza coloração com pigmentos de base vegetal, tão inofensivos que são indicados até mesmo para crianças.

Se na área de tratamentos capilares o Linda Flor trabalha exclusivamente com a marca italiana, nos outros serviços foram escolhidos fabricantes que também tivessem uma pegada natural: Granado (sabonetes, hidratantes e esmaltes) e Nubar (esmaltes).

“A Nubar, por exemplo, é um esmalte livre de sete tipos de solventes que encontramos nos esmaltes comuns e que fazem muito mal. Também trabalhamos com a depilação com cera de abelha natural que, ao contrário de outras ceras – que abrem os poros e expõem o corpo a infecções – trata do organismo com sua ação antibacteriana”, diz Manu.

Os preços dos tratamentos são compatíveis com os de outros salões: cortes variam entre R$ 30 (infantil), R$ 40 (masculino) e R$ 45 (feminino); terapias capilares vão de R$ 80 (terapia Ame seus Cachos) a R$ 200 (terapia Antioleosidade); e manicure, de R$ 35 (mão e pé feminina) e R$ 40 (mão e pé masculino) até R$ 55 (spa dos pés feminino) e R$ 60 (spa dos pés masculino).

O salão funciona de segunda a sábado das 9 às 19 horas e é uma das lojas do mall da Galeria Palatino, onde há restaurante japonês, cervejaria, studio de pilates, boutique e consultórios médicos.

Telefone: (081) 98442-2152