5 mitos e 5 verdades sobre Aldeia

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
Colagem sobre foto Pixabay

O PorAqui foi conversar com antigos e novos moradores de Aldeia para coletar alguns mitos e verdades que se falam sobre a região. Bora conferir?

esconderijo

Você não mora, se esconde!
(Ou: Aldeia é o fim do mundo!).

Muita gente que não mora em Aldeia tem a impressão de que o bairro é muito longe do centro do Recife. A verdade é que do início da Estrada de Aldeia (km 0) até o Marco Zero do Recife são aproximadamente 16 quilômetros. Isso equivale à distância de Piedade e de Rio Doce (Olinda) ao Bairro do Recife.

ägua
Aldeia possui diversas fontes de água
mineral.

Ainda hoje, grande parte da população consome água retirada diretamente dos seus poços. Ao mesmo tempo, há uma grande exploração ilegal de água mineral e quase nenhuma fiscalização para coibi-la.

Isolamento
Aldeia é um lugar para se isolar.

Sim, é possível ter um espaço tranquilo e reservado para ficar quieto em Aldeia. Mas também é possível ter uma vida social tal qual a de quem vive em bairros do Recife. Aldeia hoje dispõe de uma oferta razoável de supermercados, bares, restaurantes, igrejas, cursos de idiomas, academias de ginástica, brechós e feirinhas de artesanato. Já não é mais uma estância de férias, mas praticamente uma pequena cidade.

Sem bancos
Não existe agência bancária ou caixa
eletrônico em Aldeia.

Desde que começou a onda de explosões a caixas eletrônicos, cerca de uma década atrás, os bancos sumiram de Aldeia. A única opção para saques, hoje, é a casa lotérica, no km 10, onde se pode tirar até R$ 300.

bike
Em Aldeia não há trânsito. As pessoas podem pedalar à vontade.

É verdade que nem de perto se parece com o trânsito da maioria dos bairros do Recife, mas quem conheceu Aldeia dos anos 1990 para trás estranha muito o volume de carros que circulam e o tráfego que se forma de manhã cedo nas imediações da Escola Internacional e na ladeira (sentido de quem desce). Andar de bicicleta na pista, que antigamente era comum, hoje é bastante arriscado, com os acostamentos invadidos e os carros passando em alta velocidade.

cinema

Em Aldeia não há um único cinema.

Os cinemas mais próximos ficam em São Lourenço e Casa Forte. No próximo ano, com a inauguração do Camará Shopping, os moradores poderão comemorar a abertura de salas um pouco mais próximas.

hippie
Aldeia é lugar de “bicho-grilo”.

O perfil de “natureba” ou “alternativo” que antigamente definia bem quem vinha para Aldeia – aquele tipo “maluco beleza”, mais voltado para as práticas meditativas e saudáveis –, tem se modificado um bocado nos últimos anos. Hoje, há lugar para todos. Não é à toa que surgiram, neste período, uma barbearia como a Iron Club, no km 9, voltada para o público “yuppie”, além de uma profusão de hamburguerias, pizzarias e fast foods.

Desconectado
Ainda há lugares de difícil comunicação em Aldeia.

O sinal de celular ainda é precário em muitas áreas de Aldeia, principalmente nas vias mais afastadas da PE-27. O sinal de internet, que melhorou muito nos últimos anos com a chegada da fibra ótica em boa parte da região, não chega a ser unanimidade. Algumas áreas ainda têm sinal fraco ou inexistente, seja para wi-fi ou móvel.

Frio

Em Aldeia faz muito frio. É possível ver neblina na estrada.

Aldeia, que fica 109 metros acima do nível do mar, tem uma temperatura média um pouco mais baixa do que o Recife. Alguns anos atrás era comum o recifense subir a ladeira em busca de uma temperatura amena para tomar vinho e comer fondue. Os moradores eram habituados a ver neblina na estrada de manhã cedo e à noite, nas épocas de frio, e estavam acostumados a ver fumaça saindo pela boca nas noites mais frias. Hoje, mesmo no inverno atípico como o deste ano, que vem alterando os hábitos dos moradores, a temperatura dificilmente tem caído a menos de 17 graus nas madrugadas.

oscilação de energia
A energia oscila muito em Aldeia.

Ainda hoje, persiste em Aldeia um problema antigo: constantes variações e quedas de energia elétrica, especialmente em épocas de chuva, sobretudo pelos ventos fortes que derrubam galhos e lançam outros objetos sobre a rede elétrica. Por conta disso, muitas vezes os aparelhos elétricos queimam e os moradores têm que pedir reparação à Celpe.

Lembra de mais alguma curiosidade sobre Aldeia? Compartilha conosco!



comment 25 comentários

  1. Muito lindo aldeia desde 1990,resido em aldeia muito linda,porem esquecida pela seguranca zero.A marginalidade esta demais.so deus no comando
  2. Lugar tb aprópria do para prática de esportes out door, ciclismo, motocros, cavalgada, quadriciclos, autocros, caminhadas, agility, entrealizações outros. Muito bom.
  3. Aldeia tem uma bela flora e fauna com passarinhos de muitas cores que precisam ser preservados evitando o desmatamento acelerado para construção de condomínios de interesse puramente comercial!
  4. Quem fala de Aldeia não conhece ou não pode morar em aldeia, Aldeia ainda é um pequeno paraíso dentro desse caos que tornou-se Recife
  5. "Em Aldeia faz muito frio. É possível ver neblina na estrada." mentira fica sim moro em camaragibe e as vezes tem neblina pra carai em Aldeia
  6. Tem neblina, tem passaros exóticos, tem gente estranha que caca e come preguica e nao tem policiamento nem orgão competente para coibir essas acões. As pessoas ainda saem pra bares à cavalo. Comum aqui.
  7. Tem Orquideas, ficam lindas aqui com esse clima, tem uma feira anual, cada uma mais linda que a outra.
  8. Minha Aldeia. Nasci e estou até hj morando aqui. A população de Aldeia cresceu demais, com isso ficou faltando policiamento e gestão política merecedora desse bairro lindo
  9. Em aldeia a coleta do lixo de precária e muitos condomínios não se faz coleta seletiva, precisamos olhar esse assunto com mais atenção!
  10. Um dos problemas mais agudos é de natureza política. Aldeia não é bairro, nem distrito ou município. Além disso seu território está fatiado entre Abreu e Lima, Paudalho, Camaragibe e o Recife, que arrecadam os impostos e devolvem descaso. Aqui no condomínio Bosque Águas de Aldeia, por exemplo, pagamos IPTU ao município do Paudalho, que não presta qualquer serviço. Até o lixo pagamos caminhões para retirar. Os moradores de Aldeia que teriam condições de postular uma vaga edilidade local (profissionais com nível capaz de executar um trabalho eficiente em favor do todo), já estão aposentados curtindo a vida nas chácaras e condomínios.
  11. Moro aqui há mais de interesse anos. Meus filhos cresceram aqui, estudaram no EIA, e hoje é a vez dos netos. Adoro este cantinho aqui, apesar de já ter "gente demais". Crio meus bichos e planto minhas frutas e verduras - e não sou nem bicho grilo e nem vegetariano. Entretanto, Aldeia está abandonada. O poder público se lembra dela nas eleições, e esquece no dia seguinte à abertura das urnas. A associação dos moradores há anos tenta resolver problemas crônicos, como segurança, e nada. Gente sem nenhuma consciência explora a água do lençol freático, sem nenhuma cerimônia e nem fiscalização. É uma zona! Mesmo assim, fico aqui. Só espero que não haja uma "invasao" vinda "lá de baixo (Recife)" retirando-nos o pouco de qualidade de vida que ainda resta...
  12. Há 35 frequento Aldeia, sabemos que o crescimento desordenado geram problemas seríssimos ao Eco-Sistema, a falta de uma política publica séria principalmente na educação ambiental e fiscalizaçao. É triste ver pessoas pararem seus carrões e despejar seus lixos nas matas , muitas dessas pessoas foram residir nesse pequeno paraíso só por status. Esquecem que seus filhos e netos não teram chances de viver o mínimo esse privilégio que tive quando meu pai me levava para tomar banho de riachos . Se liguem !
  13. Adoro morar em Aldeia. Tem casa a exatos 30 anos e 12 anos morando. A prefeitura de Camaragibe pouco faz por Aldeia, nunca se faz a praça do km 10 desejado por muitos. A Estrada PE 27 não tem acostamento e depois seguir para Recife (Ex.: Espinheiro ou Rua da Aurora) se gasta de 1h até 2 horas, indo e vindo. Horrivel ir e vir diariamente, consequente qualidade tb horrivel de vida se precisa ir para Recife diariamente dirigindo. Não existe ônibus direto, há 2 linhas de velhos ônibus para o Metrô que não é seguro (assaltos e gente mal educadas e camelôs gritando nos vagões) e/ou alternar com BRT. Agora ficar em casa em Aldeia é uma delícia. Caso não houvesse a danosa política, poderia a APA - Aldeia, transforia para ser região autonôma como Fernando de Noronha, com uma administraçao direta do Governo do Estado. Aí Aldeia seria conservada, agora derrubam árvores diariamente.
  14. A Aldeia que eu gosto começa no Km. 14, é quando eu abro os vidros do meu carro e respiro o ar puro vindo da floresta.
  15. Moro em Aldeia a 38 anos! Vim quando ainda era bebezinho... Hj percebo que é mais um reduto de mal-educados selecionados a dedo... o crescimento é natural, o ordenamento tbm, ainda que a prefeitura se negue a organizar aqui. e o mais lindo é perceber que os deselegantes moradores de Aldeia, são os mesmos que comentam e contestam a falta de qualidade que vem se alastrando sem se aperceber que os próprios causadores deste mal!
  16. Aldeia é muito bom o clima maravilhoso. as arvores os animais principalmente os pássaros são lindos Agora os moradores tem muitos mal educados que nao cuidam bem das suas casas que sao despresadas mal cuidadas quanto mais cuidar do lugar Ex no meu condominio o feirante colocou um banco de feira na saida dos carros do condominio e deixava o banco imundo la foi que nos reclamos ao sindico pra retirar aquele banco imundo. da saida do condominio Imagina teve uns canalhados que chiaram porque o banco imundo saiu pra a fazenda ao lado no acostanento eles colocavam os carros pra comprar frutas e prejudicava quem estava saindo do condominio A falta de educação do povo é terrível zero Os empregados ignorantes não sabe cuidar de nada Eu gosto de Aldeia mas tem esses problemas que faz parte do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *