Moradora do Espinheiro mantém locadora de livros

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
Foto: Divulgação/LocLivros

Há mais de dez anos, Célia Leal, moradora do bairro do Espinheiro, precisou se afastar do trabalho devido a uma crise de estresse. Na época, ela trabalhava como administradora financeira e, desde então, não voltou mais. A partir daí, decidiu abrir o próprio negócio, mas queria algo além do retorno financeiro: prazer. Entre várias pesquisas feitas pela administradora, a decisão foi por abrir a primeira locadora de livros delivery do Recife, a LocLivros.

Célia sempre gostou de literatura, mas, muitas vezes, deixava de comprar livros devido ao alto custo, e percebeu que não estava só. “Para iniciar, contei com a ajuda de amigos e familiares que doaram livros para formar uma biblioteca variada. Nessa primeira leva, consegui reunir mais de 600 publicações e investi num site onde disponibilizo todos os títulos”, explica.

Mesmo sem ler, ‘Bigode’ dedica a vida à literatura


Atualmente, o acervo conta com mais de sete mil títulos que são abrigados em sua própria casa, com gêneros variados e autores nacionais e estrangeiros, além de sempre estar atualizada com os últimos lançamentos. Segundo Célia, os livros mais procurados são os romances e os romances policiais, principalmente os considerados best sellers. “Os autores que fazem mais sucesso na locadora são Norah Roberts, Sandra Brown e Philip Roth. Também disponibilizo livros didáticos, embora não tenham tanta saída”, ressalta.

A locação por sete dias custa R$4, para cada dia excedente é cobrado R$0,50. As entregas ou devoluções são realizadas toda segunda, quarta e sexta. O valor do delivery é R$3, porém em Olinda, Piedade e Candeias, o preço de entrega passa a ser R$4. O pagamento é feito somente em dinheiro. A LocLivros tem vários canais de comunicação para facilitar o contato com o cliente: telefone celular e fixo, site e facebook.

Loclivros
Fone: (081) 3242-0374/ (081) 98854-2424
Facebook: LocLivros



comment 2 comentários

  1. Simplesmente maravilhoso! Conheço Célia Leal e sei o quanto ela luta pra manter esta cultura de ler bons livros, que infelizmente não é cultivada nas nossas escolas e famílias! Parabéns Célia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *